nsc
    nsc

    Novas baixas

    Figueirense tem mais três jogadores infectados por coronavírus

    Compartilhe

    Roberto
    Por Roberto Alves
    05/10/2020 - 12h26 - Atualizada em: 05/10/2020 - 12h28
    Mais três casos de coronavírus no Figueirense
    Mais três casos de coronavírus no Figueirense (Foto: Patrick Floriani/ FFC)

    A semana começou com uma notícia ruim para o Figueirense. O resultado dos testes realizados antes do jogo dessa terça-feira (06) contra o CSA acusou positivo nos laterais Brunetti e Elácio e no atacante Nicholas, todos já afastados do grupo. Os demais tiveram diagnósticos negativos.

    > Ex-jogador do Figueirense Rafael Coutinho morre aos 36 anos no Rio

    Próxima rodada

    O  Figueirense viaja a Maceió para enfrentar o CSA e o Avaí enfrenta o Brasil de Pelotas na Ressacada.

    Logística

    > Avaí e Figueirense começam semana dura com jogos próximos e viagens

    É muito difícil arranjar um tempinho entre os jogos e viagens para cumprir a tabela do campeonato. Para se ter uma ideia, o Avaí, que jogou em Maceió, saiu da capital de Alagoas às 2h30 da manhã, após ter jogado na noite anterior contra o CRB. Chegou a Campinas, em escala do vôo programada pela CBF, às 6h . Às 8h, a equipe pegou um vôo para Florianópolis, onde chegou às 9h20 de sábado, aproximadamente. 

    É humanamente impossível para o atleta estar inteiro para o próximo jogo de terça-feira, no caso, amanhã. Treino? Nem pensar. O desgaste é muito grande. 

    Assim que o time chegou no sábado, ainda teve que ir direto para o teste da Covid-19, para o jogo de amanhã. Aí está a razão pela qual os técnicos precisam poupar jogadores, para evitar lesões com a sequência de jogos.

    Hoje tem

    Criador do mascote do Criciúma, Luiz Machado vestido de Tigre
    Criador do mascote do Criciúma, Luiz Machado foi o primeiro a vestir o Tigre
    (Foto: )

    No Estádio Augusto Bauer, o Brusque recebe o Criciúma buscando manter a liderança do seu grupo na Série C do Brasileiro. O Tigre está fora do G-4 e joga para recuperar sua posição. A partida inicia às 20h. 

    O Criciúma joga de luto pela morte de Luiz Machado, 71 anos, criador do mascote carvoeiro e o primeiro a vestir o Tigre.

    Série D

    O Joinville voltou a perder no campeonato brasileiro e, desta vez, para o Pelotas, no Rio Grande do Sul, por 1 a 0. O Tricolor catarinense vem fazendo uma campanha totalmente irregular.

    Cataririnense em Roland Garros

    Pedro Boscardin jogando tênis na Rolland Garros
    Catarinense pega adversário difícil na próxima fase
    (Foto: )

    Pedro Boscardin, de Joinville, 17 anos, estreou na categoria juvenil com vitória diante do Polonês Mikolaj Lorens por 6/4, 6/7 (7/5) e 6/2. É o primeiro Grand Slam de Pedro disputado na carreira. O tenista volta à quadra nesta segunda-feira e espera que o forte vento do domingo, que dificultou muito o seu jogo, tenha ido embora.

    > Tenista joinvilense treina com campeão mundial, Novak Djokovic, na Itália

    Luto

    Osni Lisboa e o time do Avaí
    Osni Lisboa, ex ponta esquerda do Avaí, morre em Florianópolis
    (Foto: )

    Osni Lisboa era um ponta esquerda das antigas. Jogava como se posicionavam os ponteiros do passado, com características de chute forte e cruzamentos da linha de fundo. Atuou no Avaí ao tempo de Adolfinho, Saul, Nizeta, Danda, entre outros. Tem alguns títulos pelo clube do seu coração, que depois de jogar, continuou acompanhando. 

    > Chapecoense vence em tarde de pouco futebol em Pelotas

    Osni nos deixou domingo. Tinha uma sequela de um trauma de crânio por queda há 10 anos. Foi cremado e o velório foi rápido, duas horas, por conta da pandemia atual. Era dentista de família tradicional, em Florianópolis. Foi o primeiro dentista que me atendeu quando garoto. Era irmão de Orildo Lisboa, ex-remador, e Orivaldo Lisboa.

    Memória 

    Tie do Flamengo com Silva Batuta e Cardosinho
    Time do Flamendo que derrotou o Racing em Marrocos
    (Foto: )

    Ele foi um jogador importante na história do Flamengo. Atuou com Silva Batuta, que morreu semana passada, com 80 anos.

    Cardosinho veio para Florianópolis em 1971 para jogar no Avaí e daqui não saiu mais. Seu companheiro, Liminha andou pelo Juventus de Rio do Sul. A dupla derrotou o Racing da Argentina em jogo realizado em um torneio no Marrocos.

    > Um ano sem Lauro José Burigo, o Bruxo

    Em pé: Murilo, Claudinei, Onça, Rodrigues Neto, Guilherme e Paulo Henrique, que também atuou no Avaí. Agachados: Cardosinho, Liminha, Luiz Claudio, Silva e Diogo.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas