nsc
nsc

Ídolo catarinense

Guga: um feito que jamais será esquecido

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
03/12/2020 - 10h40
Guga começou sua história no Jasc
Guga começou sua história no Jasc (Foto: Reprodução / Redes sociais)

Os Jogos Abertos de SC eram a essência do esporte no Estado. Criado por Arthur Schloesser, em Brusque, o evento pretendia unir o estado através do esporte o que acontece por muitos anos antes de virar uma competição financeira.

O Jasc desabou a cada ano e não mostra mais o interesse que sempre provocou, mas deixou uma marca fantástica de um tenista que jamais será esquecido.

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Gustavo Kuerten, o Guga, nasceu no evento e acompanhado de uma luta para garantir seu desenvolvimento.

Certa vez o radialista Nilson Costa, de Brusque, me ligou para dizer: “Neste ano vocês de Floripa não terão a mínima chance no tênis”. Falava dos Jasc e que Brusque seria representado por um garotinho quase imbatível. E Floripa tinha tenistas para ganhar a vontade.

Quem era?

Guga Kuerten. Ele disputaria por Brusque, onde residia sua vó materna Olga Schloesser (morreu aos 94 anos). Assim foi. Aquele menino magrinho com uma raça incrível e uma técnica diferenciada deixou todos nós impressionados. Dali para frente a luta da mãe Alice Kuerten foi fundamental para a carreira do filho decolar. A perda do pai Aldo também foi uma das razões para que o filho redobrasse suas forças até para homenageá-lo ele que também foi um atleta e adorava o esporte.

História

O resto da historia todos conhecem. Guga alcançou o mundo ao lado do seu fiel escudeiro, técnico, amigo e um verdadeiro pai, Larry Passos.

Dizer que Guga esteve para o Brasil como Ayrton Senna nas manhãs de domingo é lembrar uma época verdadeira e emocionante. Guga parou o país várias vezes para todos pudesse assistir suas conquistas.

Número 1

O mundo viu Guga chegar ao top do ranking mundial. Sua história ultrapassa as fronteiras do país para a consagração definitiva em Roland Garros, onde foi considerado o rei do saibro.

Nesta quinta-feira (3), o manezinho mais ilustre e importante do mundo comemora 20 anos da conquista do Máster City de Lisboa, que o levou a ser o número um, ultrapassando André Agassi, Peter Sampras e tantos outros.

> Guga revela que teria encontro com Senna no dia da morte do piloto

O mais importante; Guga é o mesmo garoto que começou a jogar e se tornar conhecido nos Jogos Abertos de SC: simples, humildade acima de tudo e nunca esquecendo aqueles que foram importantes na sua historia.

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Mais colunistas

    Mais colunistas