nsc
    nsc

    Futebol

    Jorginho chegou ao Figueirense com blindagem desnecessária

    Compartilhe

    Roberto
    Por Roberto Alves
    16/11/2020 - 11h50
    Técnico Jorginho comandou o seu primeiro treino
    Técnico Jorginho comandou o seu primeiro treino (Foto: Patrick Floriani / FFC)

    Ao receber as determinações do Figueirense para a apresentação de seu novo técnico, cheguei a lembrar da Copa do Mundo, onde tudo é fechado, difícil, todos falam baixo com medo de alguma coisa, uma pergunta para cada jornalista, enfim nada parecido com o futebol que é das multidões. Respeite-se.

    > Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    O novo técnico

    O Figueirense precisa mudar? Precisa. Isso, entretanto, não é garantia de vitórias. O que se sabe é que Jorginho gosta do futebol solidário bem jogado e competitivo. Com ele, o time todo joga e não vai depender apenas de um ou outro jogador para fazer a diferença.

    O momento

    Jorginho era o nome de consenso e assim foi. Chegou um pouco atrasado, mas ainda dá tempo de colocar o trem no trilho. Não pensem que os resultados acontecerão ao natural pela simples presença do técnico à beira do gramado. A grande espectativa é como ele vai montar o time com o grupo que tem nas mãos.

    Gosta de jogar, e no momento são esses jogadores para o trabalho de bola. Aí então entra o dedo do técnico com seu conhecimento, olhar experiente e visão de jogo podendo transformar a era difícil demais em condição possível de arrumar a casa. Só o tempo dirá.

    Apresentação

    Nenhuma promessa especial a não ser a de muito trabalho. Entenda-se. Ninguém está em condições de prometer nada neste momento. No sábado pela manhã o novo técnico já treinou a equipe no centro de treinamento.

    > Jorginho é apresentado no Figueirense e fala em reforços para Série B

    Eliminatórias da Copa

    O Brasil continua não convencendo, seus jogos não empolgam e a cada um deles cai o interesse do torcedor.

    Vitória difícil contra a Venezuela, onde não há nenhuma tradição de futebol, e o país nunca foi a uma Copa do Mundo.

    Falta brilho ao nosso futebol, alguém que comande o time, uma forma de atuar mais clara e não seja tão burocrático.

    Quem sabe com Thiago Galhardo convocado no ataque, já Pedro não teve chance ainda.

    Jogo de terça-feira será o melhor teste de todos até agora. Contra o Uruguai, de Cavani e Suarez, o Brasil terá que ser mais competitivo. Será às 20h no horário de Brasilia.

    Desfalque

    Geninho e Evando são os dois desfalques do Avaí para os próximos dias. Testaram positivo para o coronavirus no momento mais importante do Avaí no campeonato.

    Novas derrotas

    Parece que o futebol catarinense está perdendo fôlego no momento mais decisivo das competições que disputa. Na Série C, por exemplo, duas novas derrotas no sábado. Londrina 2 a 1 no Brusque, ainda assim continua lider do seu grupo. E o Criciuma voltou a perder em casa para o Ituano por 2 a 0 e dificulta cada vez mais sua passagem para a próxima fase.

    Na Série D o Marcilio Dias foi beneficiado pela ausência do São Caetano. Time paulista não apareceu para o jogo alegando falta de pagamento e entrou em greve. W.O caracterizado e vitória por 3 a 0 para o time catarinense.

    Já o Joinville perdeu para o São Luiz em Ijui no interior do Rio Grande do Sul por 2 a 1.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas