Único prefeito do Novo no País, Adriano Silva lamentou o apoio de João Amoêdo a Lula no segundo turno da eleição presidencial. “É o vergonhoso o posicionamento de João Amoêdo ao declarar seu voto ao PT na eleição presidencial. O PT é contra os princípios de liberdade econômica e individual, que tanto defendemos”, afirmou o prefeito de Joinville por meio de redes sociais no sábado, logo após Amoêdo anunciar o apoio ao candidato do PT.

Continua depois da publicidade

> Amoêdo declara voto em Lula no 2º turno: “atual presidente apresenta risco maior”

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Na manifestação, Adriano reafirmou o apoio a candidatura de Bolsonaro, posição anunciada logo após a apuração do primeiro turno, no último dia 2. “Por defender um País livre, no segundo turno destas eleições reitero o meu apoio e voto ao presidente Jair Bolsonaro, por representar um partido mais alinhado com o que acredito e defendo para o Brasil”.

Para Adriano, não há mais motivo para Amoêdo permanecer no partido. “Rasgou os princípios e valores do Novo e não representa mais o partido, nem como filiado. Por isso, não vejo mais por que João Amoedo permanecer no Novo. O mais coerente seria ele pedir para sair”.

Continua depois da publicidade

O Novo de Joinville também se manifestou sobre a posição de Amôedo, com críticas. O partido afirmou o candidato a presidente em 2018 está fora da direção do Novo há mais de dois anos as declarações “constrangedoras” e “absurdas” tem repercussão na imprensa como se fossem a posição do Novo, “causando um dano enorme à imagem do partido”. O Novo de Joinville defendeu a expulsão de Amoêdo da legenda.

HISTÓRICO

Adriano e o Novo de Joinville têm um histórico de divergência com o ex-candidato. No início do ano passado, houve divulgação de nota para alegar que Amoêdo era apenas um filiado no partido e que os posicionamentos eram pessoais, inclusive divergentes dos adotados pelo Novo. Mais adiante, as lideranças do partido em Joinville assinaram manifesto a favor de candidatura adversária de Amoêdo na disputa pelo comando da legenda – Amoêdo desistiu de concorrer.

Destaques do NSC Total