Navegue por

publicidade

publicidade

Jefferson Saavedra

Saavedra

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

Saavedra

Juiz Sérgio Moro recebe homenagem em Joinville

Por Saavedra

20/10/2018 - 11h35

O juiz Sergio Moro foi homenageado na manhã deste sábado em Joinville, na abertura do 20º Encontro Nacional de Oficiais de Reserva do Exército (Enorex). Após a solenidade, realizada no 62º Batalhão de Infantaria, o titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, encarregada do julgamento da operação Lava Jato, faria uma palestra para os participantes do evento, com início no começo da tarde. Moro não teve contato com a imprensa e não houve manifestação dele durante o cerimonial. A homenagem feita ao juiz Moro durante o Enorex foi por “relevantes serviços”. O encontro dos reservistas também prestou homenagens a generais.  A programação do evento se estende até terça, com uma série de atividade em Joinville. Veja também: Confira os números da nova pesquisa Ibope para governo e presidência

Continuar lendo

Casos de agressões contra mulheres dobram em Joinville

Por Saavedra

20/10/2018 - 05h00

O registro de casos de agressões domésticas contra mulheres dobrou em relação a 2010, último ano da década passada: as 521 situações de lesão corporal dolosa (com intenção) levadas à polícia neste ano até agosto representam um crescimento de 102% em relação ao mesmo intervalo em 2010. Nesse período, a população da cidade cresceu 13%. A agressão doméstica é aquela praticada por conhecido da vítima. O balanço de 2018 foi atualizado na semana pela Secretaria de Estado de Segurança Pública. Na estatística geral das agressões contra mulheres, os casos domésticos representam 67% dos registros feitos na polícia. Em 2010, ainda que em números absolutos a violência fosse menor, as agressões por conhecidos representam 76% das situações. Em Joinville, a avaliação é de que a violência aumentou, mas cresceu mais ainda a disposição de levar as agressões ao conhecimento das autoridades, principalmente devido às campanhas em defesa das denúncias. Na comparação com o ano passado, os registos de casos de lesão corporal dolosa aumentaram 2,3%. Os balanços da secretaria nos últimos dois anos sobre essa modalidade de agressão mostram os meses de dezembro com os mais violentos.   Leia também: Violência contra a mulher: 35 feminicídios de janeiro a outubro em Santa Catarina

Continuar lendo

Proposta vencedora para reforma da rodoviária de Joinville é R$ 2,4 milhões

Por Saavedra

19/10/2018 - 03h00

A Sinercon Construtora ficou em primeiro lugar na concorrência para a reforma da rodoviária de Joinville. A proposta da empresa foi de R$ 2,4 milhões. Duas construtoras haviam se classificado para a etapa final da licitação. Agora, está correndo prazo para a apresentação de recursos. Se não houver contestação, o contrato pode ser assinado em outubro. As obras vão iniciar em janeiro.    Agenda Principal liderança do PSL no Estado, Lucas Esmeraldino estaria em Joinville na noite de ontem para conversas com empresários, em agenda mantida também na manhã de hoje. Acompanhado dos dois deputados eleitos pelo partido na cidade, Lucas prepara a mobilização final do segundo turno. Comandante Moisés deve vir no domingo.    Verificação A acessibilidade do prédio da Amunesc está em análise pelo MP.   Na Acij Em nova reunião com o Conselho das Entidades Empresariais, Gelson Merisio reafirmou os compromissos assumidos por ele no primeiro turno e alfinetou o cancelamento da vinda do Comandante Moisés – o candidato do PSL preferiu não vir no encontro desta sexta-feira.   Leia também: Ministro da Educação visita campus da UFSC em Joinville

Continuar lendo

Quatro anos depois, foram executados apenas 600 metros de obras na BR-280

Por Saavedra

19/10/2018 - 02h00

Neste domingo (21), completam-se quatro anos da definição da empresa vencedora da concorrência para a duplicação do lote 1 da BR-280, entre São Francisco do Sul e Araquari. No mês passado, as obras finalmente começaram, em 600 metros em Araquari dos 36 km previstos. O plano inicial é duplicar 6 km, mas por enquanto apenas 10% dessa meta estão liberados.

Continuar lendo

Rodoviária de Joinville tem queda no movimento

Por Saavedra

18/10/2018 - 05h00

Em 2014, antes da crise econômica, a rodoviária de Joinville registrava uma média diária em torno de 2,5 mil passageiros embarcados. A quantidade foi caindo dali em diante e ficou em 1,7 mil passageiros no ano passado, em contagem envolvendo apenas os embarques. Agora, está em 1,55 mil passageiros/dia, mas deverá subir por causa do movimento de final de ano. Além da crise, a concorrência com os voos ajudou a derrubar o movimento na rodoviária.   Acesso O aeroporto de Joinville conseguiu investimentos de peso nos últimos anos, como o ILS e a ampliação do terminal de passageiros. Até o acesso, pela avenida Santos Dumont, foi duplicado. Já o prédio da rodoviária vai receber agora a primeira reforma desde 2001, com utilização de R$ 2,7 milhões. E o acesso continua sendo feito por ruas cobertas com paralelepípedos, em revestimento cada vez mais deteriorado.   Lentidão Ao analisar 81 processos de licenciamento em Joinville, incluindo licenças de operação, prévias e de instalação, certidões de cadastramento, supressão de vegetação e terraplenagem, a Acij apontou o processo de licenciamento como “extremamente moroso”, com reflexos na economia da cidade. O estudo foi enviado após solicitação de manifestação feita pelo MP, na ação envolvendo a competência do licenciamento ambiental em Joinville.    Mais pessoal Os MPs, Federal e de Santa Catarina entenderam que o estudo não pode servir de suporte para a atuação dos próprios MPs porque faltam detalhes sobre os 81 processos, como as atividades envolvidas ou mesmo o critério de escolha deles para a amostragem. Também foi observado que a  “eventual morosidade do licenciamento ambiental, se realmente existente no âmbito municipal, deve ser enfrentada pelos gestores públicos com o reforço de pessoal e infraestrutura (...), jamais com decisões abruptas e sem estudos consistentes”.   Saúde Foi reconhecida pela Prefeitura de Joinville dívida de R$ 1,1 milhão com o Hospital Bethesda por causa de realização de cirurgias eletivas.    Quantos são? Pela estimativa da consultoria da Câmara de Joinville, 17 mil imóveis são passíveis de serem atingidos pelo IPTU progressivo, cujo projeto está em análise pelos vereadores. A Prefeitura estima em 24 mil.   Leia também: Pedágio para entrar em cidades balneárias vira febre em SC

Continuar lendo

Quatro empresas se interessam por edital de recape de ruas em Joinville

Por Saavedra

18/10/2018 - 04h00

Desta vez, apareceram quatro empresas interessadas em duas concorrências para recape de um grupo de ruas de Joinville, em dois dos lotes a serem bancado pelo financiamento de R$ 61 milhões contratado junto ao Banco do Brasil. Na primeira licitação, não apareceu ninguém devido aos valores, considerados baixos demais. Há um outro edital na rua e logo serão abertas mais licitações para recape e pavimentação.   Transição do governo estadual Eduardo Pinho Moreira pretende dar início à transição no governo do Estado já na semana seguinte ao encerramento das eleições. A medida anunciada na quarta-feira é para dar oportunidade ao futuro governador de tomar conhecimento  da máquina e também para que o atual governo possa fazer adequações na reta final, já alinhadas com o futuro governante.   Cobrança Deputado federal eleito e aliado de Gelson Merisio, Darci de Matos (PSD) lamentou o adiamento da vinda do Comandante Moisés a Joinville para o encontro com entidades empresariais na Acij. Para Darci, seria uma oportunidade de o candidato do PSL apresentar sua posição sobre a atuação dos bombeiros voluntários, se as vistorias continuarão com a corporação.    Vistorias As entidades empresariais não querem a “dupla fiscalização” dos bombeiros militares no setor, com bombeiros voluntários permanecendo com a função. Darci lembra que Merisio já se comprometeu a garantir exclusividade aos voluntários no exercício de suas atividades. Uma nova data deverá será marcada para a vinda de Comandante Moisés à Acij.   Pesquisa dá conceito bom a trecho da BR-101 em Joinville

Continuar lendo

IPTU subirá 4,09% em Joinville

Por Saavedra

17/10/2018 - 15h25

O reajuste do IPTU de Joinville para o ano que vem será de 4,09%. O cálculo continua baseado na inflação (IPCA), mas com uma diferença em relação aos anos anteriores: desta vez, será levado em conta o avanço dos últimos 11 meses e não 12, como era feito tradicionalmente. A mudança permite antecipar a entrega dos carnês, motivo de queixas nos anos anteriores por causa do atraso. Havia contribuintes que recebiam os boletos de pagamento praticamente no dia do vencimento da cota única, com desconto. A distribuição começa em novembro e deverá ser concluída em dezembro. O pagamento pode ser feito assim que o contribuinte receber o carnê. Em 2019, o pagamento em cota única, com desconto de 10%, vence no dia 7 de janeiro. No ano passado, o IPTU rendeu R$ 134 milhões para os cofres da Prefeitura, sendo que R$ 75 milhões foram pagos em janeiro por causa do desconto na cota única. Em 2018, até agosto, a receita do tributo chegou a R$ 138 milhões.

Continuar lendo

Justiça manda Prefeitura de Joinville indenizar moradora em R$ 85,8 mil

Por Saavedra

17/10/2018 - 05h00

Moradora de Joinville terá direito a indenização por causa dos transtornos provocados por vazamento de rede de esgoto em 2012, com sua casa inundada. O problema ocorreu durante obra de pavimentação. A Prefeitura alegou que a rede foi instalada em local equivocado. A Águas de Jonville respondeu que a culpa foi da Prefeitura porque a empresa contratada para o asfaltamento não recolocou tampa.    Com recurso A casa atingida teve de ser reformada. A decisão da 2ª Vara da Fazenda apontou o município como responsável e determinou  o pagamento de indenização de R$ 55 mil por dano moral e de R$ 30,8 mil pelos prejuízos materiais. A Prefeitura vai recorrer e o pagamento só ocorrerá se a decisão for confirmada em outras instâncias.   Novo Deputado federal eleito pelo Novo, Gilson Marques estará na próxima terça-feira em Joinville para encontro com filiados, eleitores e entidades empresariais. Na pauta, além da comemoração pela vitória, Gilson vai abordar seus projetos iniciais na Câmara dos Deputados. Uma das propostas é a redução da verba de gabinete dos deputados. Dos 27,4 mil votos de Gilson, 726 foram em Joinville. O eleito tem base eleitoral em Pomerode.   Na Acij A campanha do Comandante Moisés adiou a vinda a Joinville, prevista para a quinta-feira. O candidato do PSL ao governo do Estado iria participar de reunião com o Conselho das Entidades Empresariais na Acij. Uma nova data está sendo agendada para a visita dele. Nesta quarta é a vez de Gelson Merisio participar do encontro com os empresários na Acij, a partir das 18h30.    Motivos do PV Para ter dissolvido a direção local, tirando o presidente, a direção estadual do PV se ressente do fato de não terem sido lançados candidatos a deputado no maior colégio eleitoral do Estado. Além disso, a votação na cidade dos nomes do PV, inscritos por outros municípios, foi baixa. O PV/SC se diz fora do governo Udo, onde o agora ex-presidente é secretário municipal.   Elogio Em visita ontem ao Tribunal de Contas do Estado, para assinatura de convênio sobre o acompanhamento do uso de recursos do Viva Cidade (financiamento do BID), Udo Döhler fez elogios à implantação do sistema de gestão integrada pelo órgão de controle. O sistema vai conectar as prefeituras ao TCE. “Será tudo padronizado, uniformizando os procedimentos, sendo 100% digital. E vai permitir aos municípios terem menor custo para prestar essas informações”.    O futuro de Tebaldi Depois de nove eleições, Marco Tebaldi (PSDB) não pretende mais concorrer a cargos eletivos. “Já tinha decidido que esta seria a última”, diz o deputado federal de 60 anos de idade. O tucano fez 71,5 mil votos, insuficientes para a conquista do terceiro mandato na Câmara dos Deputados. Nesta semana, Tebaldi cumpre a última etapa do tratamento de saúde iniciado no ano passado. “Está tudo bem, mas é preciso acompanhar sempre”, diz o ex-prefeito de Joinville.    “Acontece para melhor” Com mandato até o final de janeiro, Tebaldi também está dando entrada com a documentação para a aposentadoria como servidor da Prefeitura. Depois, vai decidir o futuro sobre eventual nova atividade. “Tudo o que acontece na nossa vida acontece para melhor. Mesmo que momentaneamente pareça um desastre. Depois, lá na frente, percebemos que foi o melhor”, diz Tebaldi. Ele cita como exemplo a doença que enfrentou. “Hoje estou melhor do que antes, em tudo”.    Acordo Acordo entre o Ministério Público e empresa prevê a recuperação de área de preservação utilizada para recebimento de resíduos da construção civil, jardinagem e podas de árvores. O terreno na rua Dona Francisca, em Pirabeiraba, é licenciado para a atividade, mas o MP apontou uso de área não prevista, o que motivou a ação judicial. Após o acordo, o processo na Justiça foi encerrado.    Recuperação No termo de ajuste de conduta, é prevista a recuperação da área degradada. Também está prevista, como compensação ambiental, a compra de terreno de área semelhante, a ser destinado à preservação. O pagamento de R$ 195 mil ao Fundo Municipal do Meio Ambiente será pela compensação pela regularização fundiária.    Escolha O vereador Maurício Peixer (PR) apresentou na Câmara de Joinville emenda em projeto de mudança na LOT prevendo que dono de lote situado em mais de um setor ou faixa de zoneamento possa escolher qual regra urbanística vai seguir. Há caso em que um mesmo terreno apresenta zoneamentos diferentes. O zoneamento escolhido precisa ter pelo menos 30% do lote.   Leia também: Fórum de Joinville promove 3.700 acordos de conciliação trabalhista

Continuar lendo

Disputa do licenciamento ambiental em Joinville não terá acordo

Por Saavedra

17/10/2018 - 04h00

Sem surpresa, não houve acordo na pendenga do licenciamento ambiental em Joinville e o tema vai continuar em disputa judicial. Neste momento, está valendo a liminar de março da Justiça Federal determinando a retomada da tarefa pelo município, cancelando a transferência para o Estado, feita em setembro do ano passado. A proposta de acordo, feita pelo Ministério Público Federal e Ministério Público de Santa Catarina, autores da ação sobre o licenciamento, não foi aceita pela Prefeitura de Joinville e Instituto do Meio Ambiente (IMA, antiga Fatma). O município alegou desinteresse na conciliação porque entende a transferência do licenciamento para o Estado como medida mais adequada e vai manter a luta judicial para derrubar a liminar. O IMA alegou que está impedido por lei de fechar esse tipo de acordo.  Na petição de comunicação à Justiça Federal sobre a negativa do acordo por parte da Prefeitura e IMA, os MPs voltaram a reclamar de descumprimento parcial da liminar. Uma das queixas é a recente portaria da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente com a prorrogação de licenças concedidas pelo órgão ambiental estadual entre setembro de 2017 e março de 2018. Os MPs alegam que “prorrogação mágica e automática” não leva em conta que as licenças não poderiam estar valendo sem a reanálise. Há questionamentos a determinadas certidões de atividade não licenciável concedidas pelo IMA. O pedido é de julgamento do mérito da ação e aplicação de multa.   Adiado Um pedido de vista adiou, na terça-feira, o julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região de recurso do Instituto do Meio Ambiente (IMA), ex-Fatma, contra a decisão em primeira instância sobre o licenciamento ambiental.  Na 3ª Turma, o recurso teve voto contrário na relatoria. Portanto, falta o voto de dois desembargadores.   Arquivo Outro recurso, este apresentado pela Prefeitura, também contra a decisão que determinou a retomada do licenciamento ambiental pelo município, foi considerado improcedente ontem pela 3ª Turma, em decisão unânime. A Prefeitura tem outro recurso em análise sobre o mesmo tema.    Leia também: Fórum de Joinville promove 3.700 acordos de conciliação trabalhista

Continuar lendo

Reforma da rodoviária de Joinville deve começar só em janeiro

Por Saavedra

16/10/2018 - 05h30

Nesta semana, tem sessão de reabertura da concorrência da reforma da rodoviária de Joinville. Mesmo que a licitação venha a ter desfecho rápido, as obras devem começar somente em janeiro para não atrapalhar o embarque e desembarque no momento mais movimentado do ano, no período de festas. Sobre a taxaEm nota sobre a apresentação de nova ação contra a taxa ambiental em Governador Celso Ramos, o MP lembrou da recomendação a São Francisco do Sul para que não seja adotada a cobrança na cidade. A análise é que haveria inconstitucionalidades semelhantes às encontradas em leis aprovadas em outras cidades, como em Bombinhas, onde já há a cobrança. São Francisco não desistiu da taxa, mas ainda não enviou o projeto à Câmara porque teme resistências dos vereadores.  Mobilização em JoinvilleNo primeiro turno, o grande evento de campanha do Comandante Moisés em Joinville foi uma carreata, enquanto que os principais adversários, Gelson Merisio e Mauro Mariani, promoveram uma série de eventos. Agora, o PSL está preparando uma nova mobilização em favor do candidato ao governo do Estado, além da manifestação de apoio a Bolsonaro.  Prazo para reparosA Câmara de Joinville informou a possibilidade de ir logo a plenário o projeto de Natanael Jordão (PSDB) para dar prazo máximo de 72 horas para que sejam feitos reparos nas ruas após obras. A Águas de Joinville informou que a média é de 5,2 dias, conforme relato da assessoria do Legislativo. A Seinfra viu dificuldades para atender ao prazo de três dias por causa do clima. Em silêncioPor enquanto, Udo Döhler não deu nenhuma declaração sobre o segundo turno da eleição para o governo do Estado. Mas pode ser que o Comandante Moisés (PSL) faça uma visita ao prefeito de Joinville na quinta, quando o candidato estará em Joinville para reunião na Acij. Assim como acontecerá no encontro com os empresários, Comandante Moisés será questionado por Udo sobre sua posição em relação aos bombeiros voluntários.  R$ 800O valor final de despesa de campanha eleitoral do Sargento Lima (PSL) deverá ficar mesmo em torno de R$ 800. O deputado estadual eleito com base eleitoral em Joinville usou o recurso no pagamento de adesivos, conforme a prestação de contas. A campanha do então candidato se concentrou nas redes sociais.  Redes sociaisOs empresários Ninfo König e Luciano Hang gravaram vídeo na segunda, com manifestação de apoio a Bolsonaro. Uma das hipótesesUma das possibilidades levadas em conta para a redução das multas de trânsito em Joinville é a lentidão no trânsito, também provocada pelo aumento da frota: com velocidade menor, caem também as chances de desrespeito aos limites.  Leia também:Relatos de violência e interdição parcial da estrutura levam vereadores a vistoriarem o Case de Joinville

Continuar lendo
Exibir mais
Jefferson Saavedra

Saavedra

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação