nsc
    nsc

    Saúde pública

    Após experiência com pandemia, Joinville quer ampliar telemedicina

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    03/05/2020 - 12h24
    Secretaria de Saúde de Joinville quer iniciar ampliação da telemedicina a partir de junho (foto: Freepik)
    Secretaria de Saúde de Joinville quer iniciar ampliação da telemedicina a partir de junho (foto: Freepik)

    A Secretaria de Saúde de Joinville pretende ampliar os serviços de telemedicina. A oferta já existia, mas as experiências do período da pandemia do coronavírus devem ampliar as possibilidades de atendimento com a modalidade. Um dos exemplos foi a criação do Ligue-Saúde, com médicos prestando informações pelo telefone. Há também o Web-Saúde, para tirar dúvidas por meio do WhatsApp. A criação de aplicativos, uso de redes sociais, entre outras iniciativas, estão nos planos.

    A meta é iniciar a ampliação da telemedicina por meio do atendimento a doentes crônicos, como hipertensos e diabéticos. Em vez de se deslocarem aos postos de saúde, os pacientes poderão ser atendidos por médicos ao telefone. Há possibilidade também de uso da internet, por meio de plataformas virtuais. O planejamento é iniciar ativar a modalidade de atendimento em junho. Mais adiante, outras especialidades serão incluídas

    No ano passado, a meta de ampliação do programa de Telessaúde, mantido pela Secretaria de Saúde de Joinville, não foi atingida, ainda que tenha crescido e chegado a 1,4 mil pacientes. O programa mantém os eixos de Teleconsultoria, Telediagnóstico e Teleeducação, este voltado para o treinamento de profissionais de saúde.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas