nsc
    nsc

    Volta ao trabalho

    Após suspensão, maioria das obras públicas foi retomada em Joinville

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    06/04/2020 - 11h32
    Reforma e ampliação do Museu Nacional de Imigração e Colonização está entre as obras retomadas (foto: Eberson Thedoro, arquivo pessoal)
    Reforma e ampliação do Museu Nacional de Imigração e Colonização está entre as obras retomadas (foto: Eberson Thedoro, arquivo pessoal)

    Depois da paralisação de dez dias e retomada a partir da semana passada, a maioria das obras públicas de Joinville está de volta ao trabalho. As requalificações das ruas Albano Schmidt, esta ainda em fase inicial, e da Blumenau, foram reiniciadas na semana passada. As duas intervenções fazem parte do PAC da Mobilidade e incluem recapeamento, instalação de concreto nos pontos de parada dos ônibus e construção de novas calçadas.

    Ainda entre as obras viárias, recomeçou o asfaltamento da Estrada Timbé, no trecho de ligação do Jardim Paraíso com Pirabeiraba, e da rua Prudente de Moraes, na zona Norte de Joinville. Há também recapes em andamento, bancados pelos empréstimos da prefeitura de Joinville com o Banco do Brasil. Na manutenção, as operações tapa-buracos estão de volta. Neste momento, a Secretaria da Infraestrutura de Joinville está tentando dar início à requalificação da Santa Catarina e o recapeamento da Quinze de Novembro, obras já licitadas.

    RIO MATHIAS E RODOVIÁRIA

    As obras foram retomadas nas frentes das ruas Jerônimo Coelho e Visconde de Taunay da macrodrenagem do rio Mathias. Parte das estacas passou por testes de cargas para avaliar se atenderam as especificações do projeto e têm capacidade de suportar o peso previsto. O resultado sai na semana que vem. Mas a pendência não está impedindo a continuidade dos trabalhos, mesmo na Visconde. Já a reforma da rodoviária de Joinville está com expectativa de reinício nesta semana.

    OBRA DO MUSEU

    A reforma e construção do anexo do Museu Nacional de Colonização e Imigração também foi retomada em Joinville. O cronograma prevê entrega até o final do ano. Dessa forma, o museu fechado ao público desde 2018 será reaberto no início de 2021. A construção foi tombada como patrimônio histórico nacional em 1939. As obras de R$ 2,6 milhões foram contratadas pelo Iphan.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas