nsc
    nsc

    Saúde

    Capacidade de tratamento do câncer no SUS de Joinville vai ser ampliada após compra de aceleradores lineares 

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    13/06/2019 - 06h00
    (Foto: Claudia Baartsch / Agência RBS)

    Com a garantia de liberação de repasses pelo Ministério da Saúde para a compra de dois aceleradores lineares, a capacidade de tratamento do câncer em Joinville pela rede pública será ampliada no primeiro semestre de 2020. Até lá, os aparelhos, com custo estimado em R$ 9 milhões, estarão comprados e instalados, segundo cronograma da Secretaria de Saúde de Joinville. 

    A instalação será na casamata do Hospital São José, onde está o acelerador pioneiro da cidade, em operação desde 2011 (e a ser desativado quando os novos equipamentos estiverem em operação). O acelerador é usado no tratamento com radioterapia de pacientes com câncer. Na agenda desta quarta-feira (12) de Udo Döhler no Ministério da Saúde, em Brasília, também foi anunciada a liberação de recursos para a compra de outros equipamentos para a saúde municipal.

    Privados

    Em outra ação envolvendo a oncologia, a contratação de serviços privados de radioterapia e quimioterapia está em fase de credenciamento, com apresentação de documentação. Até agora, há três empresas interessadas. A contratação está sendo feita pela Secretaria de Saúde de Joinville, com previsão de início de atendimento nessa modalidade em agosto. A estimativa é de utilização de R$ 9 milhões do SUS para custear os serviços. 

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas