nsc
    nsc

    Pandemia

    Com alta nos casos de coronavírus, Joinville reduz lotação de estabelecimentos

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    17/11/2020 - 10h30 - Atualizada em: 17/11/2020 - 10h32
    Bares e restaurantes estão entre os estabelecimentos com determinação de redução na capacidade máxima
    Bares e restaurantes estão entre os estabelecimentos com determinação de redução na capacidade máxima (Foto: Arquivo AN)

    Em decreto a ser publicado nesta terça-feira, a prefeitura de Joinville vai reduzir o limite de ocupação dos estabelecimentos de 50% para 30%. A medida de restrição vai valer para todos os espaços abertos ao público, como bares, restaurantes, supermercados, shoppings, lojas entre outros. A determinação, válida a partir desta quarta-feira, também deve ser acompanhada por hotéis, pousadas, setor de serviços, igrejas, entre outros.

    > Joinville mantém liberação para aulas presenciais em escolas municipais e privadas

    > > Pandemia abre lista de desafios do futuro prefeito de Joinville

    Inicialmente, a medida terá sete dias de duração, com possibilidade de prorrogação. A medida não atinge o transporte coletivo, serviço no qual será mantido o limite de 50%. Os horários dos bares e restaurantes não teve alterações, sendo permitidos para o intervalo entre 6h e 23h.

    A maior restrição na ocupação é para reduzir a possibilidade de transmissão do coronavírus. Joinville teve alta nos casos nas últimas semanas, com impacto em internações hospitalares. A piora nos indicadores também levou Joinville e região a passarem de risco “alto” para “grave” na matriz de risco do governo do Estado.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas