nsc
    nsc

    Abastecimento

    Coronavírus: com mais pessoas em casa, consumo de água em Joinville cresce e provoca mais queixas

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    20/03/2020 - 16h50
    Estação de tratamento do rio Cubatão: produção de água é normal em Joinville (foto: Arquivo AN)
    Estação de tratamento do rio Cubatão: produção de água é normal em Joinville (foto: Arquivo AN)

    O consumo de água disparou em Joinville com a quarentena de prevenção ao coronavírus recomendada à maioria da população. A Águas de Joinville não tem os dados do abastecimento dos últimos dias porque o balanço é mensal, mas o avanço no número de reclamações comprova o maior consumo e consequente redução no fornecimento em regiões mais distantes da cidade, em especial na zona Sul.

    ​​​Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

    A média de reclamações de desabastecimento era de 55 por dia. Na quinta-feira, pulou para 137. Foram mais ligações do que em sábados, dias nos quais há maior utilização de água nas residências. Como não houve problema na produção e distribuição de água, como rompimentos de adutora ou outro tipo de vazamento em larga escala, por exemplo, a conclusão foi que as queixas aumentaram devido à falta d’água provocada por maior consumo. Uma das consequências é a baixa pressão em pontos mais periféricos de Joinville.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas