nsc
nsc

publicidade

Balanço

Despesa com diárias aumenta 48,7% em 2019 na Câmara de Joinville

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
22/06/2019 - 10h30
(Foto: Salmo Duarte / A Notícia)

A Câmara de Joinville já pagou R$ 244,5 mil em diárias em 2019, incluindo as despesas de vereadores, assessores e servidores. No ano passado, também até 20 de junho, esse gasto havia ficado em R$ 164,4 mil. Ou seja, a despesa aumentou 48,7% no intervalo. Os dados são do Portal da Transparência e levam em conta os valores já pagos.

Mais ações trabalhistas

A apresentação de novas ações trabalhistas ainda não alcançou o patamar verificado antes da reforma do final de 2017, mas a queda abrupta observada no ano passado não está se repetindo em 2019. No mês passado, foram 692 novas ações na cidade. Em maio de 2018, apenas 369. Se for analisado o acumulado do ano, 2019 tem um número 62% maior do que registrado até maio do ano passado. Ainda não alcançou a quantidade de 2017 ou 2016, mas se está mais perto. 

Previsão da Cosip

Pela proposta da prévia do orçamento de 2020 enviada à Câmara de Joinville, a Prefeitura espera arrecadar R$ 65,6 milhões com a Cosip no ano que vem. Para 2019, a estimativa é de R$ 57,4 milhões, quantia que será ultrapassada até o final do ano – neste momento, já está em R$ 36,6 milhões. Na Câmara, está em análise projeto do Executivo para alterar o modelo de cobrança, com mais faixas de cálculo conforme o consumo de energia.

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Últimas do colunista

Loading interface...
Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas