nsc
    nsc

    Pandemia

    Joinville atinge marca inédita em ocupação de UTIs por covid-19 e prefeitura vai atrás de leitos privados

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    22/06/2020 - 19h32
    Com a maior ocupação, prefeitura de Joinville vai tentar agora ampliar a oferta de leitos (Divulgação)
    Com a maior ocupação, prefeitura de Joinville vai tentar agora ampliar a oferta de leitos (Divulgação)

    Pela primeira vez desde o início da pandemia, Joinville tem ocupação superior a 50% nos leitos de UTI. O boletim divulgado no início da noite desta segunda-feira indicou que 64% dos leitos reservados para o coronavírus estão sendo utilizados: são 30 pacientes com diagnóstico confirmado e outros 25 aguardando os resultados.

    No levantamento anterior, divulgado na última sexta-feira, o índice de ocupação estava em 41%. Os internados na UTI com diagnóstico positivo de covid-19 eram 25 e outros 12 pacientes aguardavam resultado (ou já tinha exame com resultado negativo – mas com internação por causa de sintomas de doenças respiratórias).

    Joinville conta com 90 leitos de UTI, no conjunto das redes pública e privada. Na semana passada, foram ativadas mais dez vagas para pacientes com covid-19 em ala reformada do Hospital Municipal São José. Assim, o hospital passou a contar com 40 leitos de UTI para os pacientes com coronavírus.

    Joinville tem 29 mortes desde o início da pandemia e 941 casos, conforme as estatísticas do governo do Estado. Os dados da Secretaria de Saúde de Joinville apontam um número maior de registros da doença – a atualização dos resultados dos exames pelo Estado tem um intervalo de tempo.

    MAIS VAGAS

    As principais medidas para ampliar a oferta de leitos em UTI serão a compra de vagas na rede privada e a colaboração municipal junto ao Hospital Regional para a ativação de mais 20 vagas. O edital de credenciamento para os leitos privados será lançado nesta semana, com tentativa de ampliar a capacidade de atendimento em 20 vagas. Há convicção de que as vagas ociosas nos hospitais privados serão oferecidas para o credenciamento municipal.

    No caso do Regional, a ala dos 20 novos leitos está em fase final de obras, restando a realocação de redes e instalação de mobiliário. A prefeitura de Joinville vai propor colaboração ao governo do Estado para acelerar a ativação do novo espaço, neste momento sem prazo para a conclusão.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas