nsc
    nsc

    ÍNDICES DE RATEIO

    Joinville mantém liderança no ICMS em 2020, mas tem índice menor e Itajaí encosta

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    16/12/2019 - 19h13 - Atualizada em: 17/12/2019 - 11h37
    Receita de Joinville com ICMS em 2019 ficará em R$ 500 milhões (foto: Mauro Schlieck, arquivo pessoal)
    Receita de Joinville com ICMS em 2019 ficará em R$ 500 milhões (foto: Mauro Schlieck, arquivo pessoal)

    Joinville manterá a liderança no ICMS em 2020, mas a diferença para Itajaí será menor. Pela tabela de rateio do tributo, a cidade do Norte terá uma fatia de 8,32% do montante a ser distribuído aos municípios no ano que vem, enquanto que a cidade litorânea ficará com 8,13%. Em 2019, a liderança de Joinville é mais folgada, 8,38% a 7,61%. Os índices para o próximo ano, baseados na movimentação econômica de dois anos atrás, foram publicados nesta segunda-feira pela Secretaria de Estado da Fazenda.

    Apesar da queda nos últimos anos, o ICMS se mantém como principal receita de Joinville. Em 2019, a receita com o imposto ficará em pouco mais de R$ 500 milhões. Em 2015, por exemplo, o índice de Joinville foi de 9,49%. Além de medidas internas, a Prefeitura ingressou com ações judiciais para ter acesso a informações sobre a composição dos índices de rateio.

    Além da Joinville e de Itajaí, a lista das cinco cidades com maior retorno em ICMS em 2020 tem ainda Blumenau (4,54%), Florianópolis (2,83%) e Jaraguá do Sul (2,71%).

    * Atualizada com correção do índice de Joinville do ano passado.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas