nsc
nsc

Ensino

Para aumentar oferta, prefeitura de Joinville vai pagar mais por vagas em creches particulares

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
02/04/2021 - 09h33
Joinville tem mais de 22 mil matrículas na rede municipal de educação infantil
Joinville tem mais de 22 mil matrículas na rede municipal de educação infantil (Foto: Arquivo AN)

A prefeitura de Joinville pretende reajustar os valores pagos pela compra de vagas na educação infantil, nas redes particulares e filantrópicas. A intenção foi apontada no mês passado e confirmada na live de quinta-feira do prefeito Adriano Silva. “O valor estava bem abaixo do mercado”, alegou o prefeito, citando pesquisa sobre os valores pagos em outras cidades. “O que acontecia na prática é que não apareciam empresas particulares ou filantrópicas querendo vender essas vagas para prefeitura”, afirmou Adriano. O novo edital para os convênios deve ser lançado em abril.

> O que abre e o que fecha no feriado de Páscoa em Joinville

> Joinville decreta luto oficial pelas mil mortes por Covid na cidade

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Os valores ainda estão sendo definidos, mas ficará em torno de R$ 900 por aluno, com pagamentos mensais em onze parcelas – a prefeitura alega que não pode ser pago mais parcelas em um ano por limitação legal. Com o novo convênio, a prefeitura pretende atrair mais interessados em oferecer as vagas. “Com esse novo modelo vai aumentar, e muito, o número de vagas em Joinville”, garante o prefeito.

A maior parte dos alunos da educação infantil (creches e pré-escola) está matriculada na rede municipal própria. Para aumentar a oferta, Joinville passou a contratar vagas na rede particular, comunitária e filantrópica, em substituição ao antigo modelo exclusivo de creches comunitárias. A educação infantil em Joinville tem hoje mais de 22 mil matriculados na rede municipal, incluindo a rede conveniada.

AÇÃO JUDICIAL

O déficit da educação infantil em Joinville está sendo apurado pela secretaria municipal de Educação. No passado, ficou em torno de 6 mil vagas. Há uma liminar concedida pelo Tribunal de Justiça ao Ministério Público determinado que a demanda de matrículas até cinco anos de idade seja zerada em até um ano. A ação foi apresentada em 2017, com liminar negada em primeira instância.

> Após décadas, via no Distrito Industrial de Joinville tem chance de implantação

> Estado contrata estudos para nova rodovia, com traçado em Joinville

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas