nsc

publicidade

Saavedra

interesse ecológico

Morro do Iririú terá de contar com plano de manejo em 18 meses

Compartilhe

Por Saavedra
31/01/2019 - 04h00
Morro do Iririú
(Foto: )

A Justiça determinou à Prefeitura de Joinville a elaboração do plano de manejo do Morro do Iririú em até 18 meses, em ação apresentada pelo Ministério Público de Santa Catarina no ano passado. O pedido de pagamento de indenização não foi aceito. Como a decisão foi tomada em primeira instância, na 2ª Vara da Fazenda Pública, cabe recurso do município. 

Como a área de relevante interesse ecológico (Arie) do Morro do Iririú foi criada em 2012, o entendimento judicial é que houve tempo suficiente para a elaboração do plano de manejo, o instrumento que aponta como a unidade de preservação deve ser utilizada, inclusive eventuais usos econômicos.

Antes da ação, o MP recebeu a informação de que o plano de manejo seria homologado apenas em 2023. “O município de Joinville pouquíssimo faz pela unidade de conservação que ele próprio criou, sendo insustentável acatar um atraso de seis anos para elaboração do instrumento adequado de gestão e preservação da Arie”, alegou a promotora Simone Schultz na ação. 

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente garante que pretende montar o plano de manejo. A secretaria alega ainda que mantém medidas de preservação de 525 hectares na região Norte de Joinville. 

Energia

Interrupções no fornecimento de energia elétrica na madrugada de quarta-feira motivaram queixa de moradores da região Oeste de Joinville (São Marcos, Vila Nova etc.), entre outras regiões. A situação teria ocorrido em outros dias. Sobre a madrugada de quarta, a Celesc fez intervenções na rede na zona Oeste e áreas do Norte da cidade, com trabalhos durante a madrugada com interrupções rápidas entre acionamento e desligamento de dispositivos.

Nomeação

O secretário de Meio Ambiente de Itapoá, Ricardo Haponiuk, foi nomeado  para o cargo de coordenador-geral de Gerenciamento Costeiro da Secretaria de Qualidade Ambiental, do Ministério do Meio Ambiente, em Brasília.

Ele ocupou a pasta municipal durante dois anos e participou da elaboração do Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica, da atualização do zoneamento econômico ecológico de Itapoá, entre outras ações, conforme a assessoria da Prefeitura de Itapoá. 

 

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Saavedra

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

jefferson.saavedra@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade