A segunda licitação para a construção da ponte Joinville teve a apresentação de quatro propostas. A etapa agora será de análise da documentação das empresas e dos consórcios participantes, o que deve ser concluído nas próximas semanas. Também será aberto período para eventuais recursos. As fases seguintes serão de homologação e assinatura do contrato, antes da autorização para início das obras. A construção terá dois anos para ficar pronta, a partir da ordem de serviço.

Continua depois da publicidade

Clique para receber notícias de Joinville e região no WhatsApp

A nova licitação, com abertura das propostas nesta quinta-feira, está sendo realizada porque a primeira concorrência não teve escolha de empresa vencedora. O certame anterior foi considerado fracassado porque os dois consórcios participantes não atenderem a todas as exigências do edital – que passou por mudanças para a nova concorrência. As obras têm possibilidade de iniciarem até o final deste semestre.

A ligação entre os bairros Adhemar Garcia e Boa Vista está prevista desde o Plano Viário de 1973. As tratativas para a construção da estrutura de 980 metros de extensão sobre o rio Cachoeira começaram em 2013. A ponte com custo em torno de R$ 300 milhões será bancada com empréstimo contratado em 2017, junto ao Fonplata.

Continua depois da publicidade

Futura duplicação em Joinville prevê nova rotatória

Rodovia do PR com divisa com SC tem plano para duplicação

Estudo vai apontar se ponte da Vigorelli poderá sair do papel

Novo elevado de Joinville tem nova data para inauguração

Por que obra “ícone” ainda não começou em Joinville

Joinville também tem propostas para multas em usuários de drogas

Principais desafios da infraestrutura de Joinville seguem os mesmos para 2024

Destaques do NSC Total