Uma caixa de drenagem é o motivo alegado pela prefeitura de Joinville para a ausência de trabalhos na drenagem e pavimentação da rua Copacabana, em pacote que contempla também as ruas Sorocaba, Francisco Alves, Ary Barroso e Antônio Bernardo Tromm, na zona Sul da cidade. Neste momento, os blocos para a caixa estão em construção em outro local e deverão ser instalados na primeira quinzena de outubro, quando trabalhadores e máquinas retornarão para os canteiros de obras.

Continua depois da publicidade

> Aos 116 anos, estação em Joinville começa a ganhar nova reforma

​​​> ​Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O cronograma das obras, garante a Secretaria de Infraestrutura, está sendo cumprido, com execução até agora de 13% do contrato. A caixa de drenagem será instalada no cruzamento das ruas Copacabana e Antônio Bernardo Tromm. A estrutura terá quatro metros de profundidade e fará a conexão com a rede de drenagem do entorno. A Seinfra alega que caso a caixa fosse construída no local, o trânsito teria de ser interditado por um mês.

A principal intervenção do pacote de R$ 10,4 milhões será o asfaltamento da Copacabana, via revestida atualmente com paralelepípedos, em toda a extensão. Com as demais vias, as obras serão realizadas em 3,6 km. Como o contrato é de 30 meses e as obras começaram em março, a previsão da conclusão é de setembro de 2024.

Continua depois da publicidade

> O que ainda falta para a conclusão de obra em praça de Joinville

> Pavimentação comunitária de Joinville tem 97 ruas com pré-adesão

> Cidadela Cultural de Joinville recebe sugestões para futura concessão

> Por que obra de asfaltamento perto da BR-101 está parada em Joinville

> Espelho d’água no Centro de Joinville tem obra para não entupir

> Ranking de multas em motos em Joinville muda “liderança” em infrações

Destaques do NSC Total