nsc

publicidade

A exemplo de Bombinhas

Prefeitura de Itapoá continua interessada em adotar taxa de preservação ambiental

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
25/01/2019 - 11h32 - Atualizada em: 25/01/2019 - 11h38
Congestionamento na rodovia de acesso a Itapoá Foto: Salmo Duarte, A Notícia
Congestionamento na rodovia de acesso a Itapoá Foto: Salmo Duarte, A Notícia

A Prefeitura de Itapoá continua interessada em adotar a taxa de preservação ambiental (TPA): está entrando na fase final da licitação para contratar consultoria para desenvolver os estudos sobre o tema. Uma empresa se interessou. Na região, São Francisco do Sul também quer  implantar o modelo já adotado em Bombinhas, mas não levou adiante porque a Prefeitura teme a rejeição do projeto na Câmara. 

Falta d’água

O abastecimento em Itapoá, com queixas de falta d’água em parte do dia, foi motivo de reunião nesta sexta-feira na Câmara de Vereadores com participação da Itapoá Saneamento. Em nota no início de janeiro, a companhia alegou que o aumento na população teria sido acima das expectativas. “Só que agora já passamos da alta temporada”, diz o vereador Thomaz Sohn (PSD), citando problemas de falta d’água nos últimos três dias. O vereador já procurou a Aris, a agência de regulação, para cobrar providências.

Araquari

A criação de 81 vagas de emprego no ano passado é um resultado ruim para Araquari, pelo menos na comparação com passado recente. Entre 2010 e 2014, a cidade manteve a média de abrir mais de 900 vagas anuais. Daí, com a crise, perdeu 554 empregos em 2015. Mas se recuperou nos dois seguintes, abrindo mais 920 vagas. A construção civil teve o pior desempenho na cidade em 2018, entre os setores.

Tebaldi

Marco Tebaldi (PSDB) fez evento neste sábado em Penha neste sábado para comemorar os 61 anos de idade, a serem completados no dia 31 de janeiro. Tebaldi não conseguiu a reeleição para o terceiro mandato como deputado federal e já garantiu que não pretende mais disputar eleições. 

Legislativo

Não era para ter muita mudança nas comissões técnicas da Câmara de Joinville em 2019. Mas há movimento para mexidas mais significativas a partir de fevereiro.

Pouca adesão

O trabalho intermitente, uma das criações da reforma trabalhista em vigor desde novembro de 2017, não deslanchou em Joinville, em fenômeno que se repetiu no restante do País. No ano passado, apenas 137 contratos foram fechados em Joinville, com 41 deles já encerrados. Nessa modalidade, são intercalados períodos de atividade e inatividade, ou seja, o trabalhador é chamado quando há necessidade pelo empregador.

Esperança para 2019

Abundantes anos atrás, os prédios em construção em Joinville já não aparecem em grande número na área central na cidade, em reflexo dos impactos da crise. Em 2018, a metragem autorizada para novas construções foi a mais baixa da década e o mercado de trabalho fechou quase 300 vagas. Para 2019, a expectativa é, de enfim, a retomada vigorosa. 

Projeto é vetado

O governador Carlos Moisés decidiu vetar o projeto aprovado pela Assembleia Legislação referente os salários de servidores estaduais aposentados que viessem a assumir cargos comissionados no governo do Estado: a proposta proíbe que o nomeado acumule a aposentadoria ou pensão com o salário do cargo de comissão, seria preciso optar. Parecer da Procuradoria Geral do Estado apontou que só o Executivo pode propor mudanças no regime jurídico dos servidores. Caberá a Assembleia decidir se mantém ou não o veto no projeto apresentado por Kennedy Nunes. Uma observação: esse projeto não atinge ocupantes de cargos como de governador, porque não são postos comissionados, e sim eletivos – Kennedy alegou que a restrição nesses casos seria inconstitucional.

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade