nsc

publicidade

CUSTO DE R$ 4,2 MILHÕES

Recuperação da rua Prudente de Moraes, em Joinville, fica para janeiro de 2020

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
19/11/2019 - 10h21 - Atualizada em: 19/11/2019 - 16h01
Prudente de Moraes vai ganhar camada de asfalto em obra de revitalização (foto: Salmo Duarte)
Prudente de Moraes vai ganhar camada de asfalto em obra de revitalização (foto: Salmo Duarte)

* Versão atualizada, com correção do mês de homologação da licitação e o valor da obra.

As obras de recuperação da rua Prudente de Moraes vão iniciar em janeiro. Até havia a pretensão de começo dos trabalhos em 2019, afinal a licitação foi homologada em outubro e o contrato assinado na sequência. Mas a intervenção foi deixada para 2020 por causa das obras na rua Blumenau e do recesso no final do ano. A revitalização vai custar R$ 4,6 milhões, com fonte em empréstimo junto ao Banco do Brasil.

Além do novo pavimento, com camada de asfalto sobre os paralelepípedos, a obra na Prudente vai ampliar a rede de drenagem da rua. O prazo previsto de duração das obras é de 12 meses. A requalificação da via localizada entre os bairros Santo Antônio e Costa e Silva foi anunciada em 2017 e 2018, a ser realizada com recursos do governo do Estado. Mas o dinheiro não foi liberado e, em 2019, o Estado informou que não tinha recursos para investir em uma via municipal. Por isso, a alternativa da Prefeitura foi usar o financiamento com o Banco do Brasil.

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade