nsc
nsc

Legislativo

Uso de chapéu em sessão virtual motiva embate na Câmara de Joinville

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
13/08/2020 - 07h05 - Atualizada em: 13/08/2020 - 10h10
O uso de chapéu por Mauricinho Soares (ao lado do cronômetro) irritou Odir Nunes durante a sessão
O uso de chapéu por Mauricinho Soares (ao lado do cronômetro) irritou Odir Nunes durante a sessão (Foto: Reprodução)

O uso de chapéu motivou um momento inusitado na sessão virtual da Câmara de Vereadores de Joinville. Irritado com o fato de Mauricinho Soares (MDB) estar vestindo um chapéu, Odir Nunes (PSDB) cobrou uma providência, alegando desrespeito ao regimento interno. O presidente Claudio Aragão (MDB) afirmou que a responsabilidade era de Mauricinho – que ficou com o chapéu até o encerramento dos trabalhos.

> Multa para quem tem coronavírus e não respeitar isolamento em Joinville poderá chegar a R$ 6 mil

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

A discussão ocorreu em meio a um debate sobre requerimento envolvendo autorização de empréstimo para o saneamento. Em dado momento, Odir exigiu de Aragão para que fizesse a cobrança sobre o chapéu de Mauricinho. “Isso aqui é um plenário”, alegou Odir, citando o regimento interno.

Como Mauricinho começou a rir (todos os vereadores aparecem no monitor durante a sessão virtual) Odir ficou ainda mais irritado e fez mais críticas a Mauricinho - que não respondeu naquele momento, mas fez provocação ao final da sessão, dizendo que o chapéu era presente de Odir.

Com Odir elevando a voz, Aragão cortou o som com a alegação de que o tema em discussão era o requerimento e não o chapéu. “Onde já se viu isso?”, citando ainda que a responsabilidade é do vereador. A discussão acabou por ali. Odir e Mauricinho vêm se enfrentando em discursos duros nas últimas sessões.

O QUE DIZ O REGIMENTO

Em relação ao regimento interno da Câmara de Joinville, não há menção ao uso de chapéus. Mas o artigo 105 cita que, no início das sessões, os vereadores devem ocupar seus lugares utilizando “traje de passeio completo”, mas “preferencialmente”. Ou seja, não é exatamente uma obrigação.

> Por que Joinville não planeja novas restrições a curto prazo

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas