nsc
    nsc

    Decisão

    Vereador de Joinville consegue liminar no TRE e permanece no cargo

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    22/02/2021 - 18h48 - Atualizada em: 22/02/2021 - 18h52
    Até o final da tarde desta segunda-feira, Câmara de Joinville não havia sido notificada das decisões em primeira instância
    Até o final da tarde desta segunda-feira, Câmara de Joinville não havia sido notificada das decisões em primeira instância (Foto: Mauro Schlieck, CVJ, Divulgação)

    Na noite desta segunda-feira, o Tribunal Regional Eleitoral concedeu liminar a Sidney Sabel (DEM) e suspendeu a decisão de cassação do diploma, determinada na última sexta-feira em primeira instância. Dessa forma, Sabel se mantém no cargo até o julgamento final da ação. Osmar Vicente (PSC), o outro vereador com decisão pela cassação do diploma, também recorre ao TRE, em recurso apresentado no final da tarde de hoje. Até o final da tarde desta segunda, a Câmara de Joinville não havia sido notificada das decisões em primeira instância.

    > Decisão judicial em Joinville anula votos de partido e suplente deve assumir

    > Nova decisão judicial em Joinville cassa diploma de mais um vereador; suplente deve assumir​​​

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

    A decisão em primeira instância contra Sabel havia sido tomada em ações apresentadas pelo Pros e o suplente Ednaldo Marcos, o Nado; e pelo MDB e o suplente Maurício Soares. A alegação nos processos foi de que duas candidaturas foram “fictícias”, isto é, não fizeram campanha efetivamente, com participação na disputa apenas para atendimento da cota de gênero. A ação julgada em primeira instância contra Osmar Vicente teve alegações semelhantes.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas