nsc
    nsc

    Volta dos ônibus em Joinville: como está a preparação para a retomada a partir de segunda

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    04/06/2020 - 18h08 - Atualizada em: 05/06/2020 - 16h03
    Higienização dos veículos está entre as determinações do decreto de retomada do transporte coletivo (foto: Divulgação)
    Higienização dos veículos está entre as determinações do decreto de retomada do transporte coletivo (foto: Divulgação)

    A volta dos ônibus a partir de segunda-feira em Joinville prevê normas para o cumprimento da limitação no número de pessoas dentro dos veículos; suspensão das linhas diretas, da madrugada e universitárias; e retomada do transporte eficiente, utilizado por pessoas com deficiência. Uma série de reuniões nesta quarta-feira encaminhou a maioria das decisões. Também está no planejamento a fiscalização da proibição da entrada de passageiros com 60 ou mais anos de idade e a adoção de medidas de prevenção ao coronavírus, como higienização e uso de máscaras, por exemplo.

    A limitação dos 60% será observada durante toda a operação, mas há o entendimento de que o índice só será alcançado nos momentos de pico: nos demais horários, a demanda deverá ficar abaixo desse patamar determinado pelo decreto da prefeitura. Quando o limite é alcançado, letreiros dos ônibus vão informar. Se o veículo estiver no terminal, ônibus extras entram na operação. Os veículos mais utilizados no transporte coletivo em Joinville têm capacidade para 82 pessoas, incluindo passageiros em pé. O limite de lotação em 60% é aplicado a capacidade total do ônibus (vagas em poltronas e em pé).

    Em relação à proibição do embarque de pessoas com 60 ou mais anos, poderá ser solicitada a identificação. A gratuidade a partir dos 65 anos, evidentemente, estará suspensa. A Vigilância Sanitária vai se encarregar da fiscalização de todas as medidas, junto com as empresas. A Secretaria de Saúde de Joinville espera pelo “bom senso” e “colaboração” da população na utilização do transporte coletivo. A retomada é uma decisão da prefeitura após o governo do Estado ter retirado a proibição do transporte coletivo no Estado, em medida válida a partir de segunda-feira.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas