nsc
nsc

Mercado

Cervejas de guarda com produtos locais são a aposta de nova marca catarinense

Compartilhe

Santa
Por Santa Cerveja
19/02/2021 - 15h40 - Atualizada em: 23/02/2021 - 14h05
Cervejaria Endemic usa garrafas de champagne para manter bebidas guardadas em adega
Cervejas em garrafas de champagne serão mantidas em adega (Foto: Divulgação / Endemic)

O mercado cervejeiro de Santa Catarina vai ganhar nos próximos meses uma marca voltada totalmente à produção de cervejas especiais de guarda, feitas para passar um longo período na garrafa, adquirindo novos sabores e sensações. Produzidas em garrafas de champagne, as cervejas passam por longos processos de fermentação natural, seguindo conceitos da escola belga de produção da bebida.

> Marca de Florianópolis lança cerveja fermentada por 13 meses com levedura belga e catarinense

Criada por dois jovens cervejeiros que se conheceram durante o curso da Escola Superior de Cerveja e Malte, em Blumenau, a Endemic está finalizando a primeira produção e pretende lançar no final de março o primeiro rótulo, batizado de Cerveja Clara de Fazenda. O nome traz o conceito que a marca quer adotar, de um estilo próprio inspirado nas Farmhouse Ale e Saison belgas.

- A Cerveja Clara de Fazenda tem as características de uma fermentação mista, vai ter notas viníferas, cubos de ipê que tem o amadeirado, tem casca de laranja para um ar cítrico.E 100% ou grande parte dos insumos que usamos são nacionais e regionais. Lúpulo nacional, maltes, fermentos. As frutas são regionais, de produtores locais ou até mesmo da fazenda onde a cervejaria está instalada - explica Nassif Simões, um dos sócios-fundadores e cervejeiros.

Funcionando nos moldes de uma cervejaria cigana, a Endemic está produzindo a bebida na fábrica da cervejaria Unika, em Rancho Queimado na Grande Florianópolis. Mais do que dividir a estrutura, as duas marcas firmaram uma parceria em que a Endemic ficará responsável pela produção dos rótulos ácidos e de guarda da Unika. As primeiras garrafas que devem chegar ao mercado nos próximos meses terão a assinatura colaborativa das duas cervejarias.

- Temos o foco de estar em outros estados. Vamos inicialmente distribuir as cervejas nos bares da Unika, e essas garrafas de champagne a gente pretende manter parte em uma adega, enquanto a outra parte a gente vai comercializar nos grandes centros cervejeiros como Blumenau, Florianópolis, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, levando esse aroma e sabor do interior de SC - aponta o sócio-fundador Matheus Domingues.

Cervejaria Endemic usa frutas locais
Frutas e outros ingredientes usados pela marca serão locais e, em alguns casos, cultivados no terreno da cervejaria
(Foto: )

Por focar nos ingredientes locais e na fermentação natural, as cervejas da marca serão safradas, variando a cada ano e com as sazonalidades de cada estação. Atualmente a Endemic tem cerca de 7 mil litros em produção, mas os fundadores esperam chegar a 500 litros mensais de capacidade, permitindo lançamentos semestrais. Além da Cerveja Clara, para o primeiro semestre de 2021 a marca prepara também a Cerveja Rubra de Fazenda, que usa araçás vermelhos na receita.

*Por Lucas Paraizo lucas.paraizo@somosnsc.com.br

Leia também

Fazenda de lúpulos na Serra de SC avança para beneficiar mercado cervejeiro

Cerveja de feijoada, pudim e arroz doce: veja sabores inusitados lançados no Brasil

Cervejaria de SC amplia produção e mira mercado de São Paulo

Santa Cerveja

Colunista

Santa Cerveja

Novidades, dicas, curiosidades e os principais assuntos que envolvem o setor cervejeiro de SC e do Brasil você acompanha aqui no Santa Cerveja, um blog assinado pelos jornalistas Augusto Ittner e Lucas Paraizo.

siga Santa Cerveja

Santa Cerveja

Colunista

Santa Cerveja

Novidades, dicas, curiosidades e os principais assuntos que envolvem o setor cervejeiro de SC e do Brasil você acompanha aqui no Santa Cerveja, um blog assinado pelos jornalistas Augusto Ittner e Lucas Paraizo.

siga Santa Cerveja

Mais colunistas

    Mais colunistas