publicidade

Navegue por
Upiara

Derrota em comissão

Perde fôlego PEC de Peninha que prorroga mandato de prefeitos para unificar eleições

Compartilhe

Por Upiara Boschi
24/06/2019 - 08h30 - Atualizada em: 24/06/2019 - 08h30
Deputado federal Rogério Peninha apresentou proposta que tem apoio de prefeitos e tem resistência de novas forças políticas (Foto: Alex Ferreira, Câmara dos Deputados/Divulgação)

Vai ficando mais difícil de sair do papel a proposta de emenda constitucional do deputado federal Rogério Peninha (MDB) que prevê a unificação das eleições para para todos os cargos em 2022 - prorrogando até lá os mandatos dos atuais prefeitos e vereadores. Na semana passada, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados não aprovou a inclusão do tema na pauta. Eram necessários 34 votos e a votação ficou em 26 a 14 a favor da proposta.

A PEC precisaria ser votada até o final de setembro para ter feito sobre a eleição do ano que vem e ainda tem um longo caminho. Passando pela CCJC, teria ainda que ser analisada por uma comissão especial, ser aprovada na Câmara e no Senado. A favor da proposta, estão os atuais prefeitos e os partidos que temem perder espaço ano que vem. Contra, legendas que ganharam força em 2018, como o PSL, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). Além, é claro, de todos os deputados federais que querem concorrer a prefeito ano que vem.

Leia também:

PEC de Peninha unifica eleições prorrogando mandato de prefeitos e vereadores

Deixe seu comentário:

Upiara Boschi

Upiara Boschi

Upiara Boschi

Faz a leitura e a análise do contexto do cenário político de Santa Catarina, com informações de bastidores. Explica motivações e consequências das principais decisões tomadas nos poderes do Estado.

upiara.boschi@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação