Engana-se quem pensa que Blumenau nunca foi uma cidade carnavalesca. No passado, os foliões costumavam se reunir em bailes dentro de salões e até mesmo desfilar com carros alegóricos pela famosa Rua XV de Novembro durante o período de festejos. É o que mostram ao menos 20 fotos do Arquivo Histórico José Ferreira da Silva, que recordam momentos registrados há mais de um século e surpreendem pela criatividade do público nas comemorações daquela época (veja galeria abaixo).

Continua depois da publicidade

Inscreva-se e receba notícias pelo WhatsApp do Vale do Itajaí

A historiadora Sueli Petry ressalta, no entanto, que o Carnaval não chegou a se tornar uma tradição em Blumenau. Ocorre, porém, que, anos atrás, havia maior participação da comunidade neste tipo de festa, que se fantasiava e reunia blocos para tocar as marchinhas que faziam sucesso no passado. As primeiras manifestações que se tem conhecimento datam de 1885, conta Sueli.

O ápice dos festejos era o “Baile de Máscaras”, organizado no final do mês de fevereiro ou começo de março. Com início às 20h, o encontro costumava ocorrer na Sociedade dos Atiradores — atual Tabajara Tênis Club — e tinha regras a serem cumpridas. Para participar, não era permitido pular ou dançar separado do par, tampouco ir sozinho ao evento se fosse casado e tivesse intenção de “se jogar na pista”, por exemplo.

Veja 8 cidades com festas para curtir o Carnaval 2024 em SC

Continua depois da publicidade

Além disso, naquela mesma época, em 28 de março de 1897, o Carnaval em Blumenau foi comemorado com desfile de carroças na Rua XV de Novembro. Organizado pelo clube carnavalesco “Filhos do Inferno”, o grupo contava com um significativo número de sócios e fez sucesso com carros decorados e ocupados pelos foliões.

Até os anos 1920, a cultura dos desfiles ainda permanecia na cidade durante o período de Carnaval, quando os carros recebiam enfeites de confetes e serpentinas — tipo de fita colorida usada para enfeitar os veículos. O comércio fechava ao meio-dia e, nesse dia, havia o encerramento dos festejos.

Relembre o Carnaval em Blumenau no passado

No final dos anos 1930, porém, os festejos carnavalescos tiveram de passar por uma “pausa” na cidade por conta das incertezas vividas na Segunda Guerra Mundial. As comemorações ressurgiram em 1950, quando os bailes voltaram para os salões. À época, os encontros eram organizados pelo Clube Náutico América, Tabajara Tênis Clube, Guarani Esporte Clube, Grêmio Esportivo Olímpico e Teatro Carlos Gomes, segundo o Arquivo Histórico de Blumenau.

Continua depois da publicidade

Mais tarde, por volta dos anos 1970, houve a tentativa de criar blocos e escolas de samba na cidade, mas a ideia não se concretizou.

Logo depois, com chegada da década de 1980, teve a estreia da Oktoberfest Blumenau, evento que acabou se tornando a maior festa alemã das Américas e deixou, assim, as comemorações carnavalescas da região para trás.

Leia também

Pomerode vira “terra da Páscoa” e espera 220 mil pessoas na Osterfest 2024; veja programação

7 fotos mostram como o blumenauense curtia o verão na cidade no século passado

Destaques do NSC Total