nsc
an

Tire suas Dúvidas

26 mil alunos voltam às aulas presenciais na rede estadual de Joinville

Maioria dos estudantes retornarão para as salas de aulas em 2021, segundo dados da Gerência Regional de Educação

18/02/2021 - 05h00

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
foto mostra sala de aula em escola estadual
Alunos aprenderão sobre protocolos de segurança nos primeiros dias de aula
(Foto: )

A maioria dos alunos da rede estadual de Joinville voltam às aulas presenciais a partir desta quinta-feira (18). Dos 29.736 alunos de escolas estaduais da cidade, 26.353 se comprometeram a retornar no sistema de escala proposto pela Secretaria de Educação do Governo do Estado, em que parte dos estudantes vão para a escola por uma semana enquanto outras turmas ficam em sistema de ensino remoto, fazendo revezamento na semana seguinte.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

> Volta às aulas em SC terá escolas em formato presencial, on-line e misto; entenda os modelos

As aulas presenciais voltam a acontecer em 36 escolas estaduais de Joinville. A maioria delas é focada no Ensino Médio, com algumas unidades ainda oferecendo pelo menos um dos ciclos do Ensino Fundamental.  

Os dois primeiros dias de aulas serão para "acolhimento", ou seja, os alunos buscarão os materiais didáticos, conhecerão seus professores e serão orientados sobre as medidas sanitárias. A partir de segunda-feira (22), iniciam o revezamento entre o ensino em casa e na escola.

— Queremos garantir que os estudantes tenham um retorno seguro às aulas. Com o modo híbrido, os alunos terão a oportunidade de conviver com colegas e professores, beneficiando-se não apenas de melhores condições de aprendizado mas de outros fatores que o ambiente escolar oferece — analisou a coordenadora da Gerência Regional de Educação de Joinville, Dalva Aparecida Moser.

> Volta às aulas em SC: datas, medidas de prevenção e tudo que você precisa saber

> "Momento de união", diz secretário sobre volta às aulas nas escolas estaduais de SC

As famílias puderam optar em manter seus filhos em atividades 100% remotas e, em Joinville, foi a escolha de 3.383 estudantes — era a opção também para as crianças e adolescentes que fazem parte do grupo de risco. Para isso, os responsáveis pelo aluno devem assinar um termo de responsabilidade informando à escola sobre o desejo de manter o estudante no ensino remoto. Caso haja o desejo de suspender o termo, devem informar formalmente a escola com ao menos sete dias de antecedência.

Neste ano, mais de 2 mil alunos que estavam em escolas particulares de Joinville e região foram matriculados em escolas da rede estadual. Segundo o secretário de educação do Governo do Estado, Luiz Fernando Vampiro, as unidades ainda estão se organizando para garantir vagas para todos os alunos novos em todo o Estado

Quais são as regras para a volta às aulas na rede estadual:

Distanciamento

Os alunos devem permanecer com distanciamento de 1,5 metro entre eles. Caso a escola não tenha salas com infraestrutura que permitam o distanciamento entre as carteiras, a orientação é adotar o modelo híbrido ou 100% remoto. 

Uso de máscara

Alunos sem máscara não terão permissão de ingressarem na escola. Em entrevista à Rádio CBN Joinville nesta semana, o secretário de educação do Governo do Estado, Luiz Fernando Vampiro, afirmou que todos os alunos receberão kits de máscara no início do ano letivo. Depois, as escolas não terão máscaras extras para oferecer aos alunos que esquecerem ou perderam o equipamento de segurança. 

Aferição de temperatura

Todos os alunos terão que passar por aferição da temperatura antes de entrarem na escola. A comunidade pode denunciar os casos em que a aferição não estiver sendo realizada com todos os estudantes ou em que houver aglomeração pelo telefone 0800 644 7890. 

Transporte escolar

Os veículos de transporte escolar podem ter até 70% da capacidade de assentos de passageiros sentados, para regiões classificadas em risco potencial gravíssimo — caso de Joinville e região — e até 100% dos assentos nas regiões classificadas com risco potencial grave, alto e moderado, sem a possibilidade de ter pessoas em pé.

É obrigatório fazer a aferição de temperatura dos alunos antes de entrarem no transporte escolar, deixar basculantes e janelas abertas para circulação do ar (exceto em dias de chuva/frio extremo) e uso de máscaras de proteção face shield para os motoristas.

Em caso de dúvidas e denúncias, o canal da Secretaria de Educação é pelo 0800 644 7890, que funcionará das 7h às 19 horas. 

Tire todas as dúvidas sobre a volta às aulas na rede estadual de ensino

Colunistas