As proteínas vegetais e animais diferem em composição e estrutura molecular, o que influencia suas funções nos alimentos. No entanto, ambos os tipos são digeridos quando consumidos e servem como blocos de construção para outras proteínas no organismo.

Continua depois da publicidade

Clique aqui e receba notícias no WhatsApp

Segundo Ana Batista, líder da equipe de Ciências Biológicas da NotCo, foodtech global e referência de alimentos à base de plantas, incluir alimentos ricos em proteínas na dieta diária desempenha um papel vital, uma vez que elas desempenham várias funções em organismo. 

A seguir, Ana Batista lista outros benefícios de consumir proteínas de origem vegetal!

Continua depois da publicidade

1. Mais saúde para o corpo

As proteínas vegetais são tipicamente mais baixas em gordura e isentas de colesterol, tornando-as uma escolha saudável, especialmente para a saúde cardiovascular. Além disso, são ricas em nutrientes adicionais, como fibra e fitonutrientes, contribuindo para uma dieta equilibrada, desempenhando papéis essenciais nos sistemas imunitário, nervoso, músculos e hormônios e fornecendo aminoácidos essenciais.

Mulher assoprando concha e segurando tampa de panela
As proteínas vegetais podem ser obtidas a partir de variadas fontes (Imagem: Dean Drobot | Shutterstock)

2. Diversidade de fontes de proteínas vegetais

A diversidade de fontes de proteínas vegetais é impressionante e essencial para aqueles que buscam uma alimentação equilibrada e sustentável. Essas fontes incluem leguminosas como feijão, lentilhas e ervilhas, grãos como quinoa e amaranto, além de produtos à base de soja, como tofu. Cada uma dessas opções não apenas oferece proteína de alta qualidade, mas também traz consigo uma gama única de nutrientes, sabores e texturas que enriquecem a culinária vegetariana e vegana.

3. Sustentabilidade ambiental

Além dos benefícios para a saúde, as proteínas vegetais oferecem uma alternativa sustentável em comparação com as proteínas de origem animal. Isso porque elas necessitam de uma fração significativamente menor de recursos naturais, como água e terra. Além disso, a produção emite consideravelmente menos gases de efeito estufa em comparação com a criação de animais para carne.

Continua depois da publicidade

A ascensão das proteínas vegetais representa uma escolha saudável para os consumidores e uma contribuição positiva para a sustentabilidade ambiental. À medida que as preocupações com a saúde e o meio ambiente continuam a crescer, as proteínas vegetais se tornam uma solução promissora para um futuro mais saudável e sustentável.

Por Renato Caliban

Leia também

3 hábitos para criar uma rotina saudável e perder peso

12 dicas para melhorar a qualidade de vida

O poder da alimentação no controle do colesterol 

Destaques do NSC Total