A pele do rosto é uma das áreas mais expostas a fatores externos, como poluição, radiação solar e produtos químicos que podem contribuir para o envelhecimento precoce. Uma rotina básica de cuidados é a melhor aliada na prevenção, além de melhorar a textura e a aparência da pele. Porém, como definir o skincare mais adequado? Por onde começar?

Continua depois da publicidade

> Clique aqui e receba notícias no WhatsApp

Da rotina coreana, com muitos passos, ao skin cycling – viral no Tiktok, que indica apenas um produto por dia -, a forma como essas rotinas são elaboradas varia. Segundo o dermatologista Bruno Lages, da Clínica Otávio Macedo & Associados, consultar um dermatologista é essencial para desenhar o melhor ciclo de cuidados voltados a cada um.

Entretanto, a fim de iniciar o processo de cuidar mais ativamente da pele de maneira prática, o ABC do skincare pode ser um bom ponto de partida. Por isso, a seguir, o médico compartilha dicas de cuidados em três etapas principais: limpeza (A), tratamento (B) e hidratação (C). Confira!

A de limpeza

O primeiro passo envolve a remoção da maquiagem e de sujeiras para desobstruir os poros, além de contribuir para melhor absorção dos produtos na etapa seguinte. A limpeza pode ser feita com um produto adequado à sua pele:

Continua depois da publicidade

  • Para as oleosas: sabonete com ácido salicílico e gel de limpeza com ácido glicólico;
  • Para peles secas: gel ou sabonete com ingredientes hidratantes e calmantes, como aloe vera, camomila e ácido hialurônico.

“Para quem deseja praticidade, o cleansing oil é uma ótima opção para remover a maquiagem ao mesmo tempo em que limpa a pele”, diz Bruno Lages.

> Saiba como proteger a pele nos dias frios

B de tratamento

Geralmente, envolve o uso de algum produto para tratar problemas específicos da pele, como acne, manchas escuras, rugas ou ressecamento. Bruno Lages complementa que séruns, tônicos ou cremes podem ser usados nesta etapa.

“O tônico pode remover os resíduos de maquiagem e a oleosidade da etapa anterior, assim como equilibrar o pH da pele. O sérum tem, em sua composição, ativos que ajudam a tratar e melhorar a pele; por exemplo, o ácido hialurônico pode contribuir para aumentar a hidratação, a vitamina C é um antioxidante que auxilia a uniformizar o tom da pele, os ácidos salicílico e niacinamida [servem] para combater a acne”, afirma.

Continua depois da publicidade

Garota rindo aplicando creme hidratante no rosto
É preciso incluir o protetor solar e beber bastante água para ter uma pele saudável (Imagem: RomarioIen | Shutterstock)

C de hidratação

Esse é um passo fundamental para manter a barreira protetora da pele, além de mantê-la macia. “Para quem tem uma pele mais sensível, são indicados hidratantes suaves e que não tenham em sua composição fragrâncias ou álcool, para não causar irritação e vermelhidão. Para peles mistas e oleosas, é importante não usar produtos que causem oleosidade, sendo o hidratante em gel uma boa opção”, explica o dermatologista.

Bruno Lages acrescenta que, durante o dia, é preciso incluir o protetor solar e beber bastante água para uma pele saudável e sempre consultar o seu dermatologista sobre qual melhor tratamento ou rotina indicados.

*Por Carla Gullo

Leia também

Entenda como o uso maquiagem vencida aumenta as chances de problemas na pele

Conheça os efeitos da acne em diferentes fases da vida

10 dicas para diminuir a queda de cabelo

Destaques do NSC Total