As gralhas-azuis são restritas à região Sul e à Serra do Mar de São Paulo. Das 698 aves identificadas no Estado, a gralha-azul possui a reputação de ser uma semeadora de araucárias. Na verdade, a ave agarra vários pinhões e, ao voar, algumas destas sementes caem, para então terem a chance de dar origem a novas árvores.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Uma curiosidade é que a gralha não é azul. Aliás, o pigmento azul é extremamente raro na natureza e ausente em vertebrados terrestres. Assim, todo e qualquer azul observado nesses animais depende da incidência da luz do sol sobre as penas.

Infográfico mostra as características, reprodução e distribuição da gralha-azul pelo Estado

Acesse a seção de infográficos do NSC Total e conheça detalhes e curiosidades de outros temas.

Veja a reportagem “Entenda por que a gralha-azul, tradicional ave da fauna catarinense, na verdade não é azul”

Continua depois da publicidade

Infográfico: Conheça Maria-Catarinense, ave que só é encontrada do Norte de SC ao Sul do Paraná

Destaques do NSC Total