nsc
an

Abandono

Abandono de cães pit bull cresce e chama a atenção em Joinville

Principal causa seria falta de conhecimento sobre as características da raça

01/09/2021 - 14h35

Compartilhe

Marcelo
Por Marcelo Henrique
pit bull
Abandono de pit bulls tem sido frequente em Joinville
(Foto: )

Os casos de abandono de pit bulls estão aumentando em Joinville. O Centro de Bem-Estar Animal (CBEA) abriga atualmente 64 cães que sofreram de maus tratos, a raça pit bull é a que mais aparece. Atualmente, seis cães da raça estão abrigados no CBEA, todos disponíveis para adoção. De acordo com a entidade, a principal causa para o abandono seria a falta de conhecimento sobre as características da raça.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

- Ele [o pit bull] é um cachorro que precisa de espaço para correr e soltar suas energias. O animal cresce, as pessoas mantêm ele confinado e o cão fica agressivo, por falta de exercício físico e outros cuidados que ele precisa ter - descreve a gerente do CBEA, Marisa Fock.

Ela também alerta que a instituição recebe de 8 a 10 pedidos de resgates de pit bulls, por semana. Os animais recolhidos pela entidade recebem acompanhamento veterinário, passam por exames, recebem microchip, são castrados e vacinados.

As pessoas que adotam um animal do CBEA devem se responsabilizar com cuidados como alimentação adequada, higiene, vacinação, cuidados veterinários. A recomendação é que a pessoa interessada em adotar tenha residência própria. Além disso, alguns dos cachorros não devem ser acolhidos por pessoas que possuem outros animais de estimação ou crianças em casa. 

- E o muro [da casa] tem que ser alto, porque ele escala um muro de 2 ou 3 metros de altura com facilidade - explica Marisa.

Conheça a feira Adote um Amigo

As pessoas interessadas em acolher um animal podem acessar a feira virtual Adote um Amigo, realizada pela CBEA de forma permanente. É necessário preencher um formulário eletrônico disponível no site da Prefeitura de Joinville, nele é possível conhecer alguns dos animais desabrigados.

> Veja como receber a newsletter do A Notícia em seu e-mail

Após a inscrição, os candidatos podem visitar o CBEA para conhecer e se adaptar aos animais, com a orientação da equipe de cuidadores da unidade. As visitas podem ser agendadas de segunda-feira a sábado, das 10h às 16h.

*Sob supervisão de Lucas Paraizo

Leia também:

Obras da cadeia feminina de Joinville têm novo adiamento e atraso já passa de cinco anos

Joinville alcança 92% da população adulta com primeira dose da vacina contra Covid

Casal catarinense compra mansão de Xuxa por R$ 45 milhões

Colunistas