nsc
dc

Tragédia

Adolescente morre após ser atropelado por motorista que brigou em festa em Chapecó

Francisco Lima Dalla Costa estava com um amigo quando foi atingido pelo veículo no sábado (20); motorista segue em liberdade

22/11/2021 - 16h30

Compartilhe

Luana
Por Luana Amorim
Francisco (no meio da foto) estava a caminho da festa quando foi atropelado
Francisco (no meio da foto) estava a caminho da festa quando foi atropelado
(Foto: )

Apaixonado por futebol e um "menino de ouro". É assim que amigos e familiares descrevem Francisco Lima Dalla Costa, de 16 anos, que morreu após ser atropelado por um homem que saía de uma festa em Chapecó, no Oeste catarinense, no sábado (20). A Polícia Civil já pediu a prisão preventiva do suspeito, que segue em liberdade. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O caso ocorreu durante a madrugada de sábado. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito estava em uma festa quando teria se envolvido em uma briga. Testemunhas contaram que ele havia ingerido bebida alcóolica e feito o uso de drogas. 

A discussão, segundo a polícia, começou após, supostamente, alguém olhar para a mulher do suspeito. Nisto, ao tentar acertar um soco em um dos aniversariantes, o homem atingiu o pai de um deles, o que causou uma confusão no local. 

Ainda de acordo com a polícia, depois da briga, o suspeito saiu do local, deu um chute no carro da mãe do aniversariante, quebrando o para-choque, e entrou em um carro, com a intenção de fugir da festa. Enquanto saía do clube, ele teve o carro depredado por outros participantes que chutaram o veículo várias vezes. 

"Vou matar todo mundo"

Após sair do local da festa, o homem entrou em uma estrada que dá acesso à SC-480. Ele trafegava pela pista da direita quando, segundo testemunhas, invadiu a pista contrária e atingiu Francisco e um amigo dele, que estava a caminho da confraternização. Segundo a polícia, em nenhum momento o homem tentou frear para evitar atingir as vítimas. 

Francisco chegou a ser encaminhado pelo Corpo de Bombeiros Militar a um hospital particular da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde de domingo. Já o amigo, também de 16 anos, teve apenas ferimentos nos dentes.

Após o acidente, o suspeito fugiu do local. Testemunhas disseram à polícia que o homem tentou atropelar outras pessoas ainda nas dependências da festa. Ele também teria dito que "sairia atropelando todo mundo" e que iria buscar uma arma, "pois mataria todo mundo".

De acordo com o delegado Thiago de Oliveira, o homem, que se apresentou à polícia, segue em liberdade. A polícia já enviou à Justiça um pedido de prisão preventiva e aguarda a decisão. Ele, que não teve o nome divulgado, deverá responder pelos crimes de tentativa e homicídio doloso - quando há a intenção de matar. 

> Ganhador da Mega-Sena em SC tem prisão decretada após não pagar pensão alimentícia

Amigos prestam homenagens 

Nas redes sociais, dezenas de familiares e amigos de Francisco prestaram homenagens após a morte do adolescente. "Sempre foste um menino de ouro, amante do Futebol! Vai deixar com toda certeza muitas saudades à todos nós!", escreveu um tio do jovem em uma das publicações.

A escola onde Francisco estudava também aproveitou para deixar uma homenagem. 

O velório de Francisco acontecerá nesta segunda-feira (22) às 18h30 na Capela A Funerária Dal Bosco. Já o sepultamento ocorrerá nesta terça-feira (23) em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. 

Leia também: 

Jacaré “passeia” na praia em SC, assusta banhistas e acaba capturado

Mulher agredida com pedra é encontrada na beira da estrada e morre em SC

Motorista destrói Porsche de R$ 1 milhão em Florianópolis e deixa milhares sem energia

Colunistas