Os alimentos tiveram deflação em Florianópolis no mês passado, de acordo com o Índice de Custo de Vida, calculado pela Udesc/Esag. A variação foi de – 0,40% em agosto. Entre os produtos que ficaram mais baratos o destaque foi para o morando (-18,07%) e a batata-inglesa (-14,44%).

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

De acordo com o coordenador da pesquisa, Hercílio Fernandes Neto, a deflação desses produtos é explicada pelo período de safra: “Quando há maior oferta, a tendência é diminuir o preço”. O período de safra do morango ocorre entre junho e setembro. Já o da batata, entre agosto e março.

Veja os 10 alimentos que ficaram mais baratos

  • Morango: -18,07%
  • Batata inglesa: -14,44%
  • Mamão: -9,87%
  • Cebola: -7,47%
  • Couve-flor: – 7,00%
  • Maçã: -6,79%
  • Abacaxi: -5,06%)
  • Leite longa vida: – 4,81%)
  • Queijo prato: -4,72%)
  • Leite em pó instantâneo: -3,84%

Inflação de Florianópolis em agosto

Apesar da queda no grupo de alimentos, Florianópolis registrou inflação de 0,46% em agosto. Dos 297 itens pesquisados, 91 tiveram aumento, 122 permaneceram estáveis e 84 tiveram queda de preço.

Continua depois da publicidade

Entre os itens que tiveram alta, o grupo de transportes foi o que mais influenciou no índice, com aumento de 2,79%. Esse percentual é resultante das variações do transporte público (4,04%), passagem aérea (16,35%), e combustíveis (3,61%).

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Leia também

Maior rede de supermercados de SC abre 150 vagas de emprego

Qual o tempo médio para abrir empresa em SC e quais as cidades mais rápidas

SC domina ranking de bilionários da indústria brasileira; veja lista

Destaques do NSC Total