nsc
santa

Luto

Amigos e familiares se despedem de empresário de Blumenau morto em acidente: "Dor imensa"

Dono de lojas de colchões na região morreu na Serra da Canastra, em Minas Gerais

17/04/2022 - 19h59

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Jabá, como era conhecido, deixa dois filhos
Jabá, como era conhecido, deixa dois filhos
(Foto: )

Amigos e familiares se despedem do empresário Luiz Carlos Falk, de 48 anos, neste domingo (17) em Blumenau. Dono de lojas de colchões na região, Jabá, como era conhecido, morreu neste sábado (16) após um acidente na Serra da Canastra, em Minas Gerais.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Luiz liderava diversas franquias da Colchões Ortobom em Blumenau e Gaspar, mas era o motociclismo a sua maior paixão. Fundador da Bigornas Moto Clube, foi na última semana a mais uma viagem com o grupo, que completa 20 anos em 2022.

Na sexta-feira (16), segundo relato de colegas que estavam com ele, Luiz perdeu o controle da direção e caiu de uma ponte na Serra da Canastra. No momento do socorro ele estava consciente, mas com fraturas nas costelas.

No hospital, a equipe médica constatou uma perfuração no baço, que foi retirado em cirurgia. Após a operação, Jabá teve uma piora no quadro clínico e não resistiu, falecendo durante a madrugada de sábado. 

Por conta do translado do corpo, o velório foi marcado para começar no final da noite deste domingo (17).

Querido por amigos e familiares, muitos lamentaram a perda trágica nas redes sociais neste fim de semana. Descrito como uma pessoa alegre, Luiz também era pai de uma menina e um menino. A página do Bigornas Moto Clube prestou uma homenagem na internet:

“Tentando entender como a vida passa em segundos de momentos alegres para imensa dor”.

Não há informações sobre o sepultamento, que deve ocorrer nesta segunda-feira (18).

Leia também

Escritor de Blumenau larga entre os favoritos à Academia Brasileira de Letras

Pomerode e Blumenau emplacam festas de Páscoa na programação da Globo

Projetos de ruas cobertas no Centro de Blumenau ganham corpo

Assista

Colunistas