nsc
santa

Novo lar

Animais ameaçados de extinção chegam a zoobotânico de SC

Duas novas espécies podem ser vistas no parque de Brusque, no Vale do Itajaí

24/06/2022 - 05h00 - Atualizada em: 24/06/2022 - 15h52

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Tamanduá-bandeira é um dos novos "inquilinos" do parque
Tamanduá-bandeira é um dos novos "inquilinos" do parque
(Foto: )

Dois tamanduás-bandeiras e um pogona chegaram nesta quinta-feira (23) ao parque zoobotânico de Brusque. Eles vieram do zoológico municipal de São José do Rio Preto (SP) e agora têm um novo lar. Os tamanduás, inclusive, são de uma espécie ameaçada de extinção.

> Clique aqui e receba notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

A chegada dos novos moradores ocorreu durante a manhã. O pogona, conhecido popularmente como dragão barbudo, recebeu um lugar exclusivo para ficar no serpentário enquanto se adapta.

Os tamanduás-bandeiras fazem parte da lista dos 25 animais ameaçados de extinção no Brasil. A fêmea pesa em média 10 quilos e o macho quase cinco.

— O parque Zoobotânico de Brusque trabalhará na conservação da espécie, e a expectativa é de que, no futuro, tenhamos filhotes para poder auxiliar as entidades de preservação do animal — comenta Carlos Alexandre Reis, diretor-geral do Parque Zoobotânico.

A unidade construiu do zero um novo recinto para poder abrigar o casal na área central do parque. O espaço é aberto para visitação pública de terça-feira a domingo, das 8h30min às 17h30min. O ingresso custa R$10.

Leia também

Juíza de SC fala muito de si e pouco da criança violentada

Benefício a cervejeiros de Blumenau vira saia justa na Câmara de Vereadores

Área Azul de Blumenau vai funcionar com papel e caneta por mais tempo

Colunistas