Os animais são das criaturas mais fofas da natureza. Olhos arredondados e brilhantes e a cara de que não faz mal a ninguém.

Continua depois da publicidade

Porém, não podemos nos deixar enganar pela aparência pois alguns são bem perigosos se um ser humano estiver próximo demais. 

Assim, veja abaixo alguns animais que deve-se ficar atento. Além disso, saiba como se proteger se encontrar esses ou outros bichos na natureza.

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Os 5 animais que podem matar mesmo parecendo inofensivos

Continua depois da publicidade

Lóris

O Lóris é um animal de hábitos noturnos e que parece bastante fofo e inofensivo. De acordo com a revista National Geographic, o animal vive nas densas florestas da ilha de Java na Indonésia. Apesar de ter um olhar sedutor, chegar perto dele é bastante arriscado. Já que a mordida do primata gera um veneno letal.

Urso Polar

O Urso Polar é um animal considerado fofo, protagonizou até campanhas natalinas de grandes marcas de bebidas, algo que ajudou a mudar a imagem dele. Apesar disso, o animal tem sido um dos maiores afetados pelas mudanças climáticas. Com a escassez de alimento, ele passou a atacar humanos com mais frequência

Golfinhos 

Os Golfinhos são uma das espécies preferidas de quem vai a zoológicos e parques aquáticos. Porém, nesses ambientes eles são treinados e se comportam de maneira bem distinta de quando estão em um ambiente selvagem  O mamífero pode estranhar a presença de um humano no mar, se sentir ameaçado e atacar.

Casuar

O Casuar é um dos animais mais letais do mundo. Para nós que temos familiaridade com aves, o pássaro pode até se assemelhar com um avestruz, mas é muito mais perigoso. De acordo com um artigo da Universidade Federal de Goiás, este bicho vive na Oceania e é extremamente temperamental, suas garras e bicos afiados como facas matam um humano com extrema facilidade.

Continua depois da publicidade

Hipopótamo

Muitos pensam que o animal mais perigoso do continente africano é algum dos felinos (Leão, Hiena e similares). Todavia, o maior dos problemas vem dos hipopótamos. Isto pois eles são extremamente territorialistas e podem correr mais que um ser humano. Desse modo, seus ataques matam cerca de 500 pessoas por ano na África.

O que fazer se encontrar

Agora que você já conhece quais os animais que você deve se atentar, saiba algumas dicas do que fazer para evitar que ataques aconteçam na natureza:

  • Repelentes para insetos: a princípio, pode parecer bastante óbvio, mas é uma dica bem efetiva. Além de gerar incômodo, como coceiras e até feridas na pele, os insetos podem ser vetores de doenças. Então, o uso de repelentes evita com que se adoeça;
  • Faça uma fogueira: saber fazer uma fogueira é uma habilidade fundamental para quem está na  natureza. Isto pois o fogo e a fumaça cumprem dois papéis fundamentais, espanta insetos e afasta animais maiores. Raramente um predador ataca onde haja fogo;
  • Mantenha calma se estiver de frente com o perigo: arece bastante desafiador, mas se você estiver de frente com algum animal que pode trazer risco, todo cuidado é pouco. Primeiramente, faça silêncio, pois qualquer barulho pode assustar o animal e gerar o ataque. Além disso, faça o mínimo de movimentos bruscos possível e aguarde o animal perceber que você não é uma ameaça.

Leia também

A lista que revela as maiores frutas do mundo

A lista que revela as cobras mais venenosas do mundo

Destaques do NSC Total