Uma aparição rara em uma das ruas mais movimentadas de Blumenau surpreendeu pedestres e motoristas na manhã desta terça-feira (20) e resultou em uma força-tarefa para tentar salvar o animal. Conhecido como veado-mateiro-pequeno, a espécie é ameaçada de extinção e acabou atropelada ao surgir na Hermann Huscher, próximo ao Quality Hotel. Apesar dos esforços de bombeiros e Polícia Militar Ambiental (PMA), o bicho não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo da chegada ao Hospital Veterinário da Universidade de Blumenau (Furb).

Continua depois da publicidade

Inscreva-se e receba notícias pelo WhatsApp do Vale do Itajaí

Ao avistar o animal machucado, socorristas que estavam de folga e passavam pela região decidiram auxiliar no resgate e acionar a PMA, que também prestou atendimento ao veado de aproximadamente 19 quilos. Os profissionais o levaram, então, até o Serviço de Atendimento de Animais Silvestres de Blumenau (Saasblu), na Furb, mas ele morreu ainda durante o trajeto, de acordo com os bombeiros.

O coordenador do Saasblu, Julio Cesar de Souza Jr., conta que essa foi a primeira vez que recebeu a espécie no local, tendo em vista que ela está ameaçada de extinção e, por isso, é mais difícil de ser vista no dia a dia. O veado-mateiro-pequeno, no entanto, é uma espécie nativa do Brasil e considerado o maior animal endêmico da Mata Atlântica.

Animal estava bastante ferido (Foto: Vale dos Pets, Divulgação)

Em Blumenau, ele permanece pelas florestas e se alimenta de plantas. Julio ressalta, no entanto, que se trata de um animal territorialista e suspeita que tenha sido por isso que ele apareceu em meio ao movimento da Hermann Huscher nesta manhã.

Continua depois da publicidade

— Provavelmente por disputa de territórios ele acabou dispersando daquele fragmento florestal maior que tem ali atrás do hotel e acabou indo para outro local, na beira do Ribeirão Garcia. Até porque a gente já tinha registros de que havia esse indivíduo ali pelas redondezas — explica Julio.

Ainda de acordo com o coordenador, o animal já era um macho adulto e aparentava estar saudável. Por conta do acidente, porém, ele teve uma hemorragia abdominal e torácica, não resistindo a gravidade dos ferimentos.

Relembre o resgate do cervo exótico da Índia em 2023

Em dezembro de 2023, um cervo exótico foi flagrado em Ibirama, no Alto Vale do Itajaí, e também acabou mobilizando uma força-tarefa de voluntários na tentativa de salvá-lo. Ferido, o animal foi levado a Balneário Camboriú para ser atendido por especialistas, mas não resistiu.

À época, uma moradora chegou a gravar a aparição do mamífero e contou ao NSC Total que ficou encantada pela beleza do animal de origem indiana. Apesar dos esforços de profissionais envolvidos no resgate, o chamado Axis axis sofreu o rompimento de vários vasos sanguíneos devido a um osso quebrado e morreu pouco tempo depois.

Continua depois da publicidade

Assim como o cervo de Blumenau, o animal também é herbívoro. Vale ressaltar que, segundo o Instituto do Meio Ambiente (IMA), ter ou criar o cervo da espécie Axis em Santa Catarina configura crime ambiental.

*Sob supervisão de Andréa da Luz

Leia também

Navio que naufragou em Bombinhas “vai voltar melhor do que estava”, diz proprietário

Parente do canguru que vive embaixo da terra faz rara aparição em casa no Litoral de SC

Destaques do NSC Total