Com um trabalho voltado para as possibilidades do desenho por meio de linhas, traços, fios e territórios que dialogam com a paisagem, a artista Anna Moraes, de Florianópolis, é a vencedora do Prêmio AF de Arte Contemporânea 2020. O anúncio foi feito neste sábado (12), na abertura da exposição feita em transmissão ao vivo com os três finalistas da sétima edição do prêmio: Anna Moraes, Edson Macalini e Jan M.O.

Continua depois da publicidade

Como reconhecimento, Anna fará uma residência artística de três meses na Cité Internationale des Arts, em Paris. A mostra pode ser visitada virtualmente até o dia 28 de janeiro no site da Fundação Cultural Badesc.

Anna Moraes é artista visual, doutoranda em Processos Artísticos Contemporâneos e mestre em Artes Visuais pela Udesc. Pesquisa diferentes entendimentos acerca do desenho contemporâneo. Com o isolamento social de 2020, a artista passou a pensar possibilidades de se desenhar junto, ainda que isolados, adentrando a linguagem da videoarte. Também criou uma coleção e catalogação de paisagens vistas da janela de casa em desenho e em caixinhas de acrílico. Em 2019, Anna também foi uma das finalistas do Prêmio AF de Arte Contemporânea.

A seleção foi feita por um corpo de jurados formado por Sandra Checruski Souza, mestre em História da Arte (Udesc), especialista em Gestão e Políticas Culturais (Universidade de Girona-Espanha) e coordenadora do setor educativo e de programação cultural do Museu de Florianópolis; por Niura Borges, pesquisadora, mestre em Artes Visuais (UFRGS) e galerista gaúcha; e por Mathilde Lajarrige, gerente de projetos do Departamento das Residências do Institut Français, em Paris.

> Documentário Cercados registra luta dos jornalistas brasileiros contra a pandemia e o negacionismo

Continua depois da publicidade

A sétima edição do prêmio inaugurou um formato de exposição híbrido na Fundação Cultural Badesc, que, pela segunda vez, realiza a exposição em parceria com a Aliança Francesa de Florianópolis. As obras dos três artistas finalistas foram montadas nos espaços expositivos Fernando Beck e Paulo Gaiad e podem ser visitadas virtualmente a qualquer dia e horário pelo site da instituição até 28 de janeiro de 2021.

Destaques do NSC Total