nsc

Recuperação

Celesc dá novo prazo para restabelecer energia elétrica em SC após ciclone

Segundo o presidente da companhia, serviços para recuperação do sistema devem se estender até o fim de semana

02/07/2020 - 12h05 - Atualizada em: 02/07/2020 - 18h11

Compartilhe

Mateus
Por Mateus Boaventura
Leandro
Por Leandro Lessa
Árvore caiu sobre fios de rede elétrica no Pantanal, em Florianópolis
Árvore caiu sobre fios de rede elétrica no Pantanal, em Florianópolis
(Foto: )

A Celesc aumentou o prazo para o restabelecimento de energia elétrica em Santa Catarina, após a passagem e deslocamento de um ciclone na última terça-feira (30). Se a recuperação do sistema era prevista para até três dias, agora a companhia relata que os trabalhos devem se estender durante o fim de semana. A companhia mantém os 1,3 mil funcionários em campo para acelerar a retomada do fornecimento de forma integral. 

- A gente se solidariza com as pessoas que estão ficando ansiosas, e o nosso trabalho tem sido incansável, mas algumas regiões do estado vão ficar para serem restabelecidas nos próximos dois ou três dias. Esperamos que até o fim de semana tenhamos todo o sistema recomposto - declarou o presidente da Celesc, Cleicio Martins Poleto, em entrevista ao programa Estúdio CBN Diário

A previsão anterior foi dada ainda na quarta-feira. Porém, segundo o presidente, a extensão dos danos ficou mais clara a partir da chegada de mais relatos à empresa. Até às 18h desta quinta-feira (2), cerca de 200 mil unidades consumidoras seguiam sem luz - na Grande Florianópolis, aproximadamente 61 mil imóveis sem luz. Equipes do Sul do estado devem ser chamadas para dar apoio na região mais prejudicada.  

Para informar sobre a falta de energia elétrica, a Celesc disponibiliza os seguntes contatos:

- aplicativo da Celesc na App Store

- aplicativo da Celesc no Google Play

Nestes canais, é preciso clicar no botão “relatar falta de energia”. 

Outra opção é pelo site da Celesc, clicar no ícone “Sem Luz” e inserir unidade consumidora e CPF/CNPJ. 

O consumidor pode ainda enviar SMS para 48196, com a mensagem SEM LUZ e o número da unidade consumidora. A Celesc disponibiliza também o número de emergência 0800 48 0196. Porém, devido ao rompimento do cabo de fibra ótica que atingiu o sistema de telecomunicação da empresa, pode haver atraso no atendimento por causa da alta demanda. 

Outra informação repassada pela companhia é de que, em alguns casos, parte dos consumidores pode estar com a rede energizada, mas sem o serviço em outros imóveis na mesma localidade. Isso acontece quando o alimentador é recuperado, mas alguns transformadores ainda apresentam problemas. Nessa situação, o consumidor deve novamente registrar a falta de luz utilizando um dos canais da Celesc. 

> “Não sei nem como recomeçar”, diz morador que teve casa atingida em Governador Celso Ramos

> Entenda o que é ciclone bomba, fenômeno que atingiu Santa Catarina

Ainda de acordo com o presidente da Celesc, a prioridade do atendimento na Capital, neste momento, é em localidades com mais unidades consumidores sem energia, como Lagoa da Conceição e o Norte da Ilha. Além dos galhos de árvores que caíram sobre a fiação com a força dos ventos, há ocorrências de postes que ficaram pendurados relatados pelos ouvintes da CBN Diário durante a entrevista. 

Ouça a entrevista do presidente da Celesc na íntegra:

Colunistas