nsc
nsc

Sustentabilidade nas empresas

Ao completar 80 anos, Jugasa torna-se autossuficiente com projeto de energia fotovoltaica

Graças ao investimento em painéis solares, a concessionária de veículos comemora 80 anos de história produzindo 100% da sua energia, contribuindo para a sustentabilidade ambiental

23/06/2021 - 17h55 - Atualizada em: 25/06/2021 - 09h19

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Jugasa, concessionária de veículos Chevrolet em Criciúma, instalou 530 painéis solares e hoje produz sua própria energia
Jugasa, concessionária de veículos Chevrolet em Criciúma, instalou 530 painéis solares e hoje produz sua própria energia
(Foto: )

No ano em que completa 80 anos de fundação, a concessionária de veículos Jugasa, de Criciúma, ganha uma novidade em sua estrutura: a instalação de um sistema de energia solar, tornando-se totalmente autossuficiente.

Conforme o projeto, acabaram de ser instalados 530 painéis, um dos maiores números entre as empresas do município com esse tipo de energia, tendo como fornecedora a Reevisa Energia, de Tubarão (SC). Com isso, a concessionária, além do benefício econômico, contribuirá ainda com a sustentabilidade ambiental. A empresa também tem projeto para captação da água da chuva.

> Especialistas apontam a necessidade de SC ampliar geração de energia solar, hídrica, eólica e de biogás

Foram instalados 530 painés solares para suprir a produção de energia da concessionária
Foram instalados 530 painés solares para suprir a produção de energia da concessionária
(Foto: )

Para o diretor da Jugasa, Ricardo Gaidzinski, esta é mais uma conquista alcançada neste ano de 2021, juntamente com o prêmio Classe A da General Motors do Brasil. 

> Nova loja agropecuária em Araranguá oferece consultoria gratuita para produtores rurais

— Tudo isso mostra o quanto a nossa empresa busca, cada vez mais, prestar um atendimento de excelência e modernizar-se de acordo com os novos tempos, agora funcionando com energia 100% limpa — completa.

Um pouco da história da Jugasa

O ano era 1941. Nascia aí uma história de sucesso, com uma oficina mecânica estabelecida na Rua Marcos Rovaris, em Criciúma, a Júlio Gaidzinski S.A. Indústria e Comércio, nome que remete ao precursor da empresa. O estabelecimento, além de oferecer o conserto de veículos automotores, ainda atendia com um posto de combustíveis.

Júlio Gaidzinski S.A. em 1941
Júlio Gaidzinski S.A. em 1941
(Foto: )

Como a importação de peças ficou difícil com a Segunda Guerra Mundial, surgiu a oportunidade de expandir o negócio. Nessa época, a empresa já era conhecida como Jugasa.

Em 1961, foi escolhida pela General Motors do Brasil para tornar-se a concessionária Chevrolet de Criciúma e Região.

Júlio Gaidzinski S.A. nos anos 60
Júlio Gaidzinski S.A. nos anos 60
(Foto: )

Já nos anos de 1970, o segundo dos três filhos de Júlio Gaidzinski, Diniz Gaidzinski, assumiu o comando da Jugasa, permanecendo até hoje como presidente.

A empresa foi crescendo ao longo dos anos. Mais um passo importante foi dado com a instalação de amplas e modernas instalações na Rua Cel. Pedro Benedet, onde permaneceu por 23 anos, transferindo-se então para a sede atual, na Avenida Centenário, em mais de 5 mil metros quadrados de área construída. Ao longo de sua trajetória, outras empresas da família se juntaram à concessionária, formando o Grupo Jugasa.

Atual estrutura da Jugasa, em Criciúma
Atual estrutura da Jugasa, em Criciúma
(Foto: )

Acesse o site da Jugasa e saiba mais sobre a história da empresa.

Leia também

> Institutos Senai inovam no desenvolvimento de robôs

Novo empreendimento em Joinville reúne contemporaneidade, natureza e urbanismo

> Cerveja sem glúten democratiza a bebida mais querida entre os brasileiros

Colunistas