O apelo de um jovem blumenauense a um motorista de aplicativo viralizou na internet nesta semana por causa de uma resposta meiga do condutor. Tudo começou quando João Teles, de 23 anos, contou via mensagem que “só queria ir para casa chorar”. E, para surpresa de muitos, a resposta foi um show de acolhimento.

Continua depois da publicidade

Leia também: Se você se lembra desses monstrinhos, provavelmente está ficando velho

“Oi, moço. Não cancela, não”, escreveu o fotógrafo ao condutor. O profissional então confortou o cliente: “pode ir chorando no carro”. A interação aconteceu na madrugada de domingo (6) e João decidiu compartilhar nas redes sociais. Até a tarde de quinta-feira (10), a publicação tinha mais de um milhão de visualizações.

— Eu estava num momento péssimo, tinha saído mais cedo de uma festa que fui com minha amiga, porque estava muito desconfortável. Só que diversos motoristas cancelaram. Sabe aquela sensação de que você só quer ir para casa e cada segundo a mais naquele lugar é agoniante? Pois então — contou o jovem ao g1 SC.

João mora em Blumenau há cinco anos e revelou que o motorista foi compreensivo quando embarcou no carro, o deixando confortável para conversar.

Continua depois da publicidade

— Foi demais, não esperava essa reação. De início, ele ficou em silêncio, parecia querer respeitar meu momento. Mas, depois, eu falei que estava me sentindo mal e ele me deu palavras de encorajamento — afirma.

A atitude do motorista foi elogiada nos comentários da publicação e algumas pessoas aproveitaram para relatar vivências semelhantes. Uma das internautas contou: “Algo parecido aconteceu comigo no carnaval. Entrei chorando no Uber, e, no final da corrida, ele me falou as palavras mais humanas e sensíveis que eu poderia ter ouvido”.

Print mostra conversa entre passageiro e motorista (Foto: Reprodução)

Leia mais

Ele largou tudo em SC para conhecer a costa brasileira remando e conta aventura em livro

Morador de SC volta da pescaria e descobre estar milionário; vídeo mostra a reação

Destaques do NSC Total