nsc
    dc

    Auxílio da tecnologia

    Aplicativo ajuda supermercados de SC a controlar acesso de promotores e repositores

    Ferramenta é vista como outra forma de prevenção da covid-19 e será disponibilizada gratuitamente em julho em parceria com a Associação Catarinense de Supermercados (Acats)

    15/07/2020 - 18h02 - Atualizada em: 15/07/2020 - 18h15

    Compartilhe

    Jean
    Por Jean Laurindo
    Supermercados registram movimento intenso durante a pandemia de covid-19
    Supermercados registram movimento intenso durante a pandemia de covid-19
    (Foto: )

    Um aplicativo desenvolvido por uma empresa catarinense pode oferecer uma opção a mais para supermercados reduzirem o risco de contaminação do novo coronavírus. A ferramenta conta com um controle de acesso de promotores e repositores de produtos que precisam frequentar os pontos de venda.

    > Decreto em Blumenau sugere que pessoas evitem abraços, beijos e apertos de mão no trabalho

    A empresa Involves, que elabora o aplicativo, vai oferecer a ferramenta gratuitamente a supermercados de Florianópolis, São José e Palhoça cadastrados em julho pela empresa. A ação ocorre em parceria com a Associação Catarinense de Supermercados (Acats).

    No aplicativo, o supermercadista pode cadastrar as visitas recebidas por loja, conforme definido com o fornecedor. O fornecedor, por sua vez, cadastra promotores e repositores que atendem esses estabelecimentos, com documentação a ser aprovada pela rede de supermercados. Ao chegar à loja, o promotor ou repositor faz um check-in pelo aplicativo e recebe liberação para entrar, se estiver autorizado.

    A expectativa é de que a ferramenta possa ajudar a rastrear os contatos e lojas visitadas pelos promotores em caso de uma eventual contaminação por covid-19.

    > Associação dos supermercados divulga comunidado sobre cuidados do setor com o coronavírus

    A lógica é semelhante a outras ações já implementadas em estabelecimentos da Capital, como o uso de QR Code para registro de clientes e funcionários do comércio e de passageiros do transporte público. Na semana passada, a cidade teve o primeiro usuário que fez check-in com diagnóstico positivo para covid-19.

    A intenção no caso do aplicativo para repositores também é permitir o rastreamento de contatos em caso de infecções pelo novo coronavírus. A expectativa é de que a ferramenta possa ser usada também em outros Estados do país.

    > Coronavírus: supermercados de Florianópolis vão medir temperatura de clientes

    No início do mês, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, chegou a indicar que os supermercados e as visitas a casas de familiares eram duas situações que haviam contribuído para o aumento de casos de covid-19 na Capital.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Economia

    Colunistas