nsc
hora_de_sc

Polêmica

Armie Hammer, ator de 'Me chame pelo seu nome', é acusado de canibalismo

Prints de supostas conversas que ele teve com algumas mulheres foram divulgados no Twitter

11/01/2021 - 13h14

Compartilhe

Folhapress
Por Folhapress
Armie Hammer
Na lista de trabalhos de Armie Hammer está o longa "Me Chame Pelo Seu Nome"
(Foto: )

Mensagens privadas sobre canibalismo e atos sexuais associadas ao ator Armie Hammer, 34, circularam na internet neste fim de semana. A acusação virou notícia em meio ao divórcio do ator com Elizabeth Chambers, 38, com quem foi casado por mais de dez anos.

> Big Brother Brasil: confira catarinenses que já participaram do reality show

Prints das supostas conversas que ele teve com algumas mulheres foram divulgados no Twitter. Em uma das imagens ele teria dito: "Sou 100% canibal. Eu quero comer você. Merda! É assustador admitir isso. Eu nunca admiti isso antes". Em uma outra mensagem, diz: "Eu cortei o coração de um animal vivo antes e o comi enquanto ainda estava quente."

O jornal inglês The Sun tentou contato com o ator, mas não conseguiu retorno.

Enquanto isso, o ator vive um divórcio conturbado. Em outubro, ele disse que não via os seus dois filhos há meses e teria exigido que Elizabeth os trouxesse de volta de longa viagem às Ilhas Cayman.

Hammer já virou notícia ao curtir uma série de publicações sobre BDSM e bondage e também ao publicar um vídeo mostrando seu filho, ainda bebê, chupando os dedos de seu pé.

Na legenda do vídeo, ele brincou que o menino estava fazendo isso há mais de sete minutos e ainda incluiu a hashtag "fetiche por pés".

Isso foi o suficiente para criar uma onda de comentários condenando o comportamento do ator, que usou a imagem do filho em um contexto sexual. Na sequência, o ator apagou o vídeo.

> BBB 21: tudo o que sabemos sobre o reality

Colunistas