nsc
    dc

    Morar Bem

    Ascensão da construção civil e responsabilidade técnica profissional na hora de construir ou reformar

    CREA-SC destaca importância de se contratar profissionais habilitados para obras e serviços

    06/04/2021 - 15h40

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    CREA-SC destaca importância de se contratar profissionais habilitados para obras e serviços
    Qualidade do setor da construção civil depende do profissionalismo das equipes
    (Foto: )

    A engenharia catarinense foi referência nacional desde o início da pandemia, destacando-se a construção civil, a produção de alimentos, a criação de novos respiradores, de máscaras de proteção, de programas e aplicativos para distribuição de produtos importantes, além da construção de hospitais. Tudo isso em tempo recorde e envolvendo os profissionais da área tecnológica.

    Durante todo este tempo não houve pausas e o setor da construção foi um dos destaques, mantendo-se produtivo em plena pandemia e agora, seguindo em desenvolvimento. Esta ascensão esteve relacionada à queda de juros, aos programas de incentivo ao setor, e ao próprio isolamento social, fazendo com que as pessoas pensem em investir mais em seus lares. 

    > Pandemia reforça conexão com o lar e busca por apartamentos mais confortáveis

    As construtoras também tiveram tempo para se planejar e readequar, sem perder os prazos de seus empreendimentos que continuam acelerados. Com alguns desafios a serem superados tais como o desabastecimento e alta nos preços dos insumos, a indústria da construção civil deve se manter aquecida esse ano. Segundo o Banco Nacional de Empregos (BNE) as vagas aumentaram 37% em 2020 na comparação com 2019.

    Se compararmos o número de ARTs – Anotação de Responsabilidade Técnica registradas no CREA-SC ano passado em relação a 2019, houve uma queda de apenas 7%, o que demonstra que obras e serviços continuaram em voga mesmo com a pandemia. A perspectiva é positiva com projeção de crescimento de 4% no PIB da construção e geração de 200 mil novos postos de trabalho.

    Por isso mais do que nunca é preciso destacar a atuação das engenharias e a responsabilidade técnica profissional em todo o processo, desde as construções, até as reformas e a manutenção periódica das edificações, contratando-se e ou adquirindo empreendimentos que tenham a participação de profissionais especializados e registrados no CREA-SC, com todas as documentações necessárias.

    Ao assinar uma ART, o profissional passa a ser responsável pelas informações ali detalhadas, as atividades técnicas, que estarão sujeitas a penalidades em caso de acidentes ou danos. Quando falamos em engenharia civil, por exemplo, sabemos que um engenheiro é responsável por diversas atividades, desde a fase de projeto de uma edificação, até a fase final de execução. Há também o trabalho de outras importantes modalidades em uma obra, seja no setor da construção ou infraestrutura.

    — A valorização dos profissionais da área tecnológica, incluindo todas as engenharias e geociências é a base para as ações da atual gestão do CREA-SC — enfatiza o presidente do Conselho, Eng. Civil e de Segurança do Trabalho, Carlos Alberto Kita Xavier.

    — O estado catarinense contou com a força das engenharias na pesquisa, inovação e continuação dos serviços básicos e emergenciais prestados à população durante a pandemia. Agora, mais do que nunca, vamos trabalhar para o reconhecimento da responsabilidade técnica desses profissionais pela sociedade e setores público e privado — finaliza.

    Confira o especial Morar Bem

    Colunistas