nsc
hora_de_sc

PEIXÃO

Atum que pode valer R$ 12 milhões é pego no Brasil, mas erro faz pescadores perderem fortuna

O peixe pesa 350 quilos e é de uma espécie rara

28/04/2021 - 13h11 - Atualizada em: 28/04/2021 - 13h18

Compartilhe

Por Giulia Machado
Ele foi fisgado a 300 quilômetros da costa do Rio Grande do Norte
Ele foi fisgado a 300 quilômetros da costa do Rio Grande do Norte
(Foto: )

Um atum-azul de 350 quilos, espécie rara e muito valorizada pelos japoneses para o preparo de sushi, foi fisgado por pescadores brasileiros a 300 quilômetros da costa do Rio Grande do Norte.

> Receba as principais notícias do NSC Total no WhatsApp

Um peixe da mesma espécie já havia sido adquirido por um proprietário de uma rede de restaurantes em um leilão no Japão por 1,8 milhão de dólares. A diferença é que o atum fisgado no Japão era menor do que o encontrado no Brasil: pesava "apenas" 276 quilos.

A fortuna pela qual poderia ser vendido o peixe teria feito diferença na vida dos pescadores do município de Areia Branca, capital estadual do atum que tem população estimada em 27 mil, mas os pescadores não colocaram o dinheiro no bolso pela falta de uma informação: a carne do peixe só é valiosa quando fresca.

Os pescadores permaneceram durante 15 dias no mar com o atum gigante refrigerado em uma caixa com gelo, quando deveriam ter retornado imediatamente para fazer a venda.

O peixe acabou sendo dividido entre os pescadores e moradores da comunidade, já que não havia estragado, apenas perdido a qualidade para o preparo do sushi. Apesar disso, o atum foi vendido por R$ 140 mil.

*Sob supervisão de Augusto Ittner

Colunistas