Duas regiões de Santa Catarina tiveram as aulas canceladas em escolas da rede municipal e estadual nesta segunda-feira (28), tanto no turno da manhã quanto da tarde, devido às fortes chuvas que atingem a região desde sábado (26). Alguns eventos de Natal que estavam previstos para esta semana também foram cancelados. No total, 10 cidades tiveram serviços suspensos devido às condições do tempo.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Cidades como Joinville e Guaramirim chegaram a decretar situação de emergência durante a manhã, pelo volume das chuvas e ocorrências registradas. Os rios e bacias das regiões do Litoral Sul, Grande Florianópolis e Vale do Itajaí atingiram níveis de emergência para inundação.

Chuva no Norte de SC provoca alagamentos, deslizamentos e deixa cidades em emergência

Vale do Itajaí

No Vale do Itajaí, pelo menos sete cidades suspenderam as aulas em escolas municipais e estaduais nesta segunda-feira. Entre elas estão Luiz Alves, Rodeio, Ascurra, Rio dos Cedros, Benedito Novo, Doutor Pedrinho e Timbó. O cancelamento ocorreu devido às ruas que ficaram bloqueadas por deslizamentos ou alagamentos.

Continua depois da publicidade

Rios do Vale do Itajaí têm risco de inundação devido à chuva intensa, alerta Defesa Civil

Em Luiz Alves, as aulas nas Escolas e nos CEIs, os treinamentos nas Escolas de Esporte e Cultura da Secretaria Municipal de Esporte e Cultura (SEMEC) e os encontros dos grupos de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) também foram suspensos.

Em Rodeio, além da suspensão das aulas, as creches estão funcionando em formato de plantão, com número reduzido de funcionários.

Em Rio dos Cedros, as aulas de terça (29) e quarta-feira (30) também foram suspensas. O atendimento nas duas unidades do CEI Criança feliz segue sem alterações.

Região Norte

Na Região Norte de Santa Catarina, três municípios cancelaram a aulas nas redes estaduais e municipais: Massaranduba, Corupá e Guaramirim.

Continua depois da publicidade

Em Corupá, as aulas da rede municipal foram canceladas nesta segunda e terça-feira (29). As aulas do período da tarde já haviam sido suspensas devido ao jogo do Brasil na Copa do Mundo. Os CEIs continuam atendendo normalmente.

–– Nós temos que priorizar a segurança das pessoas e não vamos expor as nossas crianças a riscos desnecessários e, portanto, resolvemos suspender as aulas novamente –– disse o prefeito Luiz Carlos Tamanini (MDB), ao comunicar a suspensão das aulas também na terça-feira.

Em Massaranduba, apesar do cancelamento das aulas na rede municipal, as creches continuam com atendimento normal. Os serviços do Procon, do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e a emissão de documentos também foram suspensos devido às chuvas fortes.

A prefeitura de Guaramirim informou pelas redes sociais que as aulas nas escolas municipais e estaduais e nos Centros de Educação Infantil foram canceladas nesta segunda-feira (28). O evento de Natal do Cras Central, que estava previsto para esta quarta-feira (30), no Ginásio Rodolfo Jahn, também foi cancelado. O município decretou estado de emergência e pelo menos 12 bairros foram afetados pela chuva. Até a manhã desta segunda, seis famílias estavam sendo acolhidas no abrigo do Fome de Amor, montado pela Defesa Civil.

Continua depois da publicidade

Em Joinville, ruas ficaram alagadas e algumas atrações de Natal foram canceladas. Até o momento, as aulas nas Escolas e CEIs da rede municipal estão mantidas. Há um aviso, porém, de que as atividades podem ser canceladas caso alguma unidade tenha comprometimento estrutural ou de acesso, em função do volume das chuvas. Neste caso, um comunicado será enviado a todos os pais e responsáveis pelos estudantes. A Escola Municipal Ruben Roberto Schmidlin e a Escola Municipal Professor Avelino Marcante, que estão preparadas para receber as famílias desabrigadas, também terão as aulas mantidas.

Leia também

Estudantes detidos por nazismo têm a prisão prorrogada em SC

SC tem alerta de inundações de rios, diz Defesa Civil

Desassoreamento de rio em Joinville vive “saga” de quase dez anos

Destaques do NSC Total