nsc
    dc

    alerta de saúde

    Aulas presenciais estão suspensas na UFSC em função do coronavírus

    Restaurantes universitários e Biblioteca Universitária serão fechados a partir de terça-feira, 17

    15/03/2020 - 16h37 - Atualizada em: 16/03/2020 - 06h56

    Compartilhe

    Lariane
    Por Lariane Cagnini
    ufsc
    Comissão de reuniu nesse domingo para definir a suspensão das aulas
    (Foto: )

    Além das formaturas e solenidades suspensas por causa do Coronavírus, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) decidiu, neste domingo, suspender também as aulas a partir de segunda-feira, 16. O comitê multidisciplinar formado no início do mês se reuniu em Florianópolis e em função dos últimos dados relacionados à pandemia de Covid-19, optou pela medida.

    ​Em site especial, acompanhe todas as informações do coronavírus em SC

    Todas as aulas presenciais estão suspensas, e a partir de terça-feira, 17, os Restaurantes Universitários (RUs) e a Biblioteca Universitária (BU) serão fechados. Segundo a nota divulgada pela UFSC, a restrição é por tempo indeterminado e pressupõe que novas ações possam ser adotadas no decorrer dos próximos dias.

    A recomendação é que a comunidade estudantil mantenha-se em casa e evite buscar os serviços de saúde, a não ser em casos de real necessidade. Em Florianópolis, o serviço Alô Saúde Floripa que atende pelo telefone 0800.333.3233 é o canal para tirar dúvidas sobre os sintomas, antes de se dirigir aos postos de saúde e às UPAs.

    — É importante que as Direções de Unidades e os colegiados de curso se organizem, de forma não presencial, de preferência, para definir medidas estratégicas do uso de tecnologias de ensino a distância neste momento peculiar — salientou o reitor Ubaldo Cesar Balthazar.

    O chefe de Gabinete Áureo Mafra de Moraes ressaltou que não há comunicação de casos suspeitos ou confirmados que sejam relativos à comunidade da UFSC, mas que é preciso cautela.

    — As medidas de maior contenção são essenciais neste momento, para que a nossa comunidade não seja mais um fator estressor no sistema de saúde pública de Santa Catarina — comentou.

    A preocupação do comitê é assegurar a preservação dos mais de 41 mil matriculados nos cursos de graduação, pós-graduação e no ensino infantil e educação básica. Há ainda o público que depende da alimentação no Restaurante Universitário, utiliza a Biblioteca Universitária, e a comunidade de servidores docentes e técnicos administrativos em Educação.

    Além da UFSC, IFSC e UFFS também decidiram suspender aulas em função do coronavírus. E no Rio Grande do Sul a a UFRGS também paralisou as atividades.

    Colunistas