nsc

    Fala, capitão

    Avaí: Betão analisa momento, estilo de jogo, ataque ao G-4 e Alan Costa: "Grande jogador"

    Zagueiro está recuperado de lesão muscular e deve retornar à titularidade contra o Juventude

    16/10/2020 - 16h05

    Compartilhe

    Kadu
    Por Kadu Reis
    Capitão está de volta após passagem pelo departamento médico
    Capitão está de volta após passagem pelo departamento médico
    (Foto: )

    Capitão do Avaí, o zagueiro Betão concedeu entrevista em vídeo publicado pelo clube nesta sexta-feira (16). O jogador analisa o momento do time na Série B e as possibilidades de atacar o G-4 no primeiro turno. O estilo de jogo da equipe e o reforço da defesa, Alan Costa, também foram tratados pelo atleta, que está recuperado de lesão muscular. 

    > Avaí tem desfalque e retorno para enfrentar o Juventude pela Série B

    — Tive uma lesão. Na minha carreira foram três lesões em 19 anos. Foi um momento diferente. Fiz uma boa preparação junto aos fisioterapeutas do clube e uma boa transição. Estou bom, pronto, sempre que precisarem, seja no início ou no decorrer dos jogos. Acredito que tenho entrado bem e espero poder ajudar — garante o capitão.

    Betão saiu do banco de reservas nos últimos dois jogos do Avaí. O zagueiro retornou do departamento médico após seis partidas fora. Ele deve retomar a titularidade na próxima terça-feira (20) contra o Juventude com a suspensão de Rafael Pereira. A dupla de zaga pode ter Alan Costa e Betão pela primeira vez.

    — É um grande jogador, mostrou qualidade nos jogos que fez com a camisa do Avaí. Ele tende a crescer, porque o jogador precisa criar confiança, identidade com o clube. Ele já mostrou na chegada que tem condições. Creio que ele vai marcar história também no clube. Está chegando para somar e tenho certeza que vai ajudar — comenta.

    > Avaí tem cinco profissionais afastados por Covid-19

    Assista a entrevista do zagueiro Betão:

    Momento do time

    — Ficamos felizes por estar chegando ao G-4. Melhoramos os resultados, mas temos consciência que precisamos melhorar o jogo. Futebol é resultado e eles estão vindo nos últimos jogos. Nem sempre a maneira que jogamos vai agradar a todos, mas o que importa é a conquista dos objetivos.

    > Avaí apresenta Ronaldo, que chega confiante em acesso

    Estilo de jogo

    — É relativo. Exige bastante, você fica a maior parte do tempo marcando. Mas dá uma certa proteção e segurança quando feito de maneira efetiva. Às vezes você ataca muito e exige muito da defesa com os contra-ataques adversários. Claro que há pontos a melhorar na parte defensiva e ofensiva, mas o importante é todo mundo entender o conceito.

    > Presidente Jair Bolsonaro posta foto com a camisa do Avaí

    Ataque ao G-4

    — Nos últimos seis jogos tivemos apenas uma derrota, isso mostra que estamos em um caminho novo, promissor. Estamos próximos à virada do turno. O importante é estar dentro do G-4 ou bem próximo, não deixar o pelotão distanciar. Isso que faremos nestas últimas três rodadas, buscar pontuar pra tentar virar o turno no G-4.

    > Avaí terá ganho financeiro com transferência de Raphinha na Europa

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas