nsc

PROTESTO

Avaí: “Pode buscar todos os outros do país, todo mundo está devendo salários!”, diz presidente

Atletas vetam entrevistas por causa de atrasos

19/08/2021 - 16h55

Compartilhe

Por Jéssica Cescon
Time treinou nesta quinta-feira (19)
Time treinou nesta quinta-feira (19)
(Foto: )

Pouco menos de um mês após o desabafo em entrevista a CBN Diário, o presidente do Avaí, Francisco Battistotti, voltou a falar sobre a mesma polêmica. O tema ressurgiu com força após alguns veículos de comunicação de Florianópolis publicarem a informação de uma suposta greve de silêncio dos jogadores por conta do atraso de salários e outros vencimentos.

> Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

De acordo com matéria publicada pelo ge.globo/sc, além dos salários na carteira estarem vencidos desde junho, os direitos de imagem de alguns atletas não estão sendo pagos desde fevereiro, além de premiações. Outra situação que gera incômodo entre os atletas é a restituição referente a redução salarial de 60%, descontadas nas folhas de maio, junho e julho de 2020, devido a pandemia, que segundo o acordo, deveria ter sido quitada no primeiro trimestre de 2021.

Rodrigo Faraco: O Avaí que pode se atrapalhar sozinho na Série B

Em contato com a reportagem do ge.globo/sc , o Avaí disse que "trata desse assunto de forma cuidadosa e com os envolvidos diretamente". Questionado sobre a greve de entrevistas, o presidente da equipe azurra, Francisco Battistotti, falou que só soube da situação pela imprensa:

— Os jogadores não me comunicaram. O Avaí é o único clube que quando deve salários aparece na imprensa. Pode buscar os outros do país, todo mundo está devendo salários — disse.

O assunto já havia sido tratado na CBN Diário, no dia 22 de julho, quando o mandatário afirmou que havia salários vencidos, mas não sobre os direitos de imagem atrasados desde o início do ano. Na oportunidade ele explicou:

— Eu tenho hoje, em aberto, a carteira dos funcionários, tô devendo o mês de junho, que venceu dia cinco de julho, e já fui buscar recursos. Acredito que até semana que vem a gente coloque o de junho em dia. Os atletas, eu tenho três imagens e uma carteira em aberto. Comparado aos demais clubes, que têm oito, dez meses de atraso, o Avaí está equilibrado — disse o presidente.

Nossa equipe segue acompanhando os desdobramentos dessa situação e repercute nos programas esportivos da Rádio CBN Diário. O Avaí joga na sexta-feira contra o Coritiba, que está liderando a Série B com 36 pontos, três a mais que o Leão. A partida acontece às 19:30, na Ressacada, pela 20ª rodada da competição.

Leia também

> Avaí x Coritiba será o primeiro jogo com VAR da Série B; confira a arbitragem

> Avaí derrota adversário direto, joga bem e fecha o turno em alta

Colunistas