nsc
hora_de_sc

SORTE OU AZAR

Azarado? Homem pisa em cobra venenosa após levar mordida de cavalo

Muito pelo contrário: sorte. O produtor rural Heitor Luiz Medeiros Neto matou a jararaca sem querer, ao reagir a mordida do cavalo Simba

30/10/2021 - 14h13

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Montagem de fotos mostra o produtos com seu cavalo, ferimento e cobra jararaca
Produtor rural matou jararaca sem querer
(Foto: )

Uma série de acontecimentos, em uma fazenda do Mato Grosso do Sul na última quarta-feira (27/10), chamou a atenção para o azar (ou seria sorte?) do produtor rural e músico Heitor Luiz Medeiros Neto, de 34 anos.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Ele estava no curral da sua propriedade e foi mordido por um cavalo, na altura da costela. Como reação, o homem pulou do local e acabou pisando em cima de uma jararaca, matando o animal, que estava prestes a lhe picar.

O homem contou, em entrevista ao G1, sobre o acontecimento e a relação de amizade que tem com o cavalo Simba.

> Morte tem relação com Galo que cantava "Bolsonaro"; entenda

— Eu penso que é como se fosse um cachorro, só que maior. Eles também estranham pessoas diferentes e já conhecem a nossa voz e o nosso cheiro. E ele ficou agitado, fui mexer na cela dele e, quando vi, levei uma mordida na costela — disse.

Por conta da dor sentida com a mordida, Heitor pulou da plataforma elevada em que estava no curral e saiu andando. Porém, neste salto, ele caiu em cima de uma cobra e acabou matando o animal venenoso que estava nas proximidades.

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também

Leilão da Via Dutra é o primeiro a incluir pedágio free flow, que tem DNA catarinense

Blumenau vai ganhar um strip mall, tipo diferente de shopping

Deputado de SC propõe liberação de CNH para adolescentes

SC vai congelar ICMS sobre combustíveis por 90 dias após decisão nacional

Colunistas