nsc
hora_de_sc

Polícia

Bastidores exclusivos detalham assalto, perseguição e tiroteio no Centro de Florianópolis

Caso aconteceu no início da tarde de terça-feira (2) no Centro da Capital e deixou quatro pessoas feridas em atropelamento

03/08/2022 - 12h52

Compartilhe

Diane
Por Diane Bikel
Catarina
Por Catarina Duarte
Paulo
Por Paulo Batistella
Assalto aconteceu na esquina entre a rua Álvaro de Carvalho e a Felipe Schmidt
Assalto aconteceu na esquina entre a rua Álvaro de Carvalho e a Felipe Schmidt
(Foto: )

A ação da polícia durante o assalto que movimentou o Centro de Florianópolis no início da tarde de terça-feira (2) foi concluída em 23 minutos, segundo o comando da Polícia Militar. O crime que terminou com perseguição, tiroteio e morte causou um caos no trânsito e medo a quem se deparou com a movimentação na Capital. 

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

O primeiro acionamento aconteceu às 11h54, quando dois assaltantes entraram em uma loja de celulares, na esquina entre a Rua Álvaro de Carvalho e a Felipe Schmidt. 

Com os aparelhos e uma quantia de dinheiro em mãos, eles correram em direção ao Largo da Alfândega, onde começou a troca de tiros com um policial à paisana que estava de folga, às 11h57. 

Durante a corrida, proprietários dos estabelecimentos comerciais próximos tentaram ir atrás dos assaltantes, mas pausaram a tentativa quando um dos homens os mostrou uma arma, segundo o que contaram os comerciantes ao Hora de SC. 

Os homens conseguiram roubar um carro que estava com um motorista de aplicativo próximo ao Terminal de Integração do Centro (TICEN) e seguiram em direção a Beira Mar Norte, com um deles já ferido. Quatro pessoas que atravessavam a faixa de pedestres em frente ao terminal de ônibus foram atropeladas. O estado de saúde de todas é estável. 

O veículo foi contido pela Guarda Municipal, que participou da ação, na altura do Hotel Majestic Palace e do Beiramar Shopping. O assaltante baleado, que conduzia o veículo, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O segundo homem tentou fugir a pé, porém foi preso em seguida pela guarnição da GMF. 

> Suspeito preso após assalto em Florianópolis tem 25 anos e 56 passagens pela polícia

A Polícia Civil foi acionada e abriu um inquérito ainda na tarde de terça-feira para apurar a ocorrência. Segundo a delegada da delegacia de Roubos da Capital, Ana Pires, com a identificação dos homens e todas as diligências investigativas concluídas, o inquérito foi finalizado e enviado ao Judiciário. 

Segundo a delegada, o homem pode responder por tentativa de homicídio, já que quatro pessoas foram atropeladas e o carro foi jogado em cima da calçada onde transitavam diversas pessoas.

A audiência de custódia do homem preso em flagrante está marcada para a tarde desta quarta-feira (8) e a decisão do crime pelo qual o assaltante vai responder cabe ao Ministério Público.

Leia também

Cratera aparece no Deserto do Atacama e preocupa por proximidade com mina de extração

Guilherme de Pádua pede perdão a Gloria Perez e Raul Gazolla em vídeo

Leão-marinho de 234 quilos é encontrado morto em praia de Florianópolis

Colunistas